segunda-feira, 9 de dezembro de 2013

Top 10 (As Melhores Adaptações de Stephen King)


E neste fim de semana chegou aos cinemas mais uma versão do longa Carrie: A Estranha, filme baseado em um clássico livro de Stephen King. Com Chloe Moretz no elenco, e direção de Kimberly Peirce (Meninos Não Choram), a obra não vem recebendo boas críticas, principalmente por não fugir tanto da clássica - e definitiva - versão de Brian de Palma. Fato é que com 66 anos de idade, sendo 37 anos de carreira, King é um dos escritores com maior número de livros adaptados para os cinemas. E por isso que o Cinemaniac resolveu reunir neste espaço, os dez melhores filmes concebidos a partir das obras assinadas por Stephen King. E começamos com...


10º Christine: O Carro Assassino (1983)



"Dirigido pelo mestre do terror John Carpenter, Christine é um dos filmes mais "trash" criados a partir das obras de King. Na trama, que conta com o ótimo Harry Dean Stanton, um jovem acaba criando um grande vínculo com seu carro, se afastando da família e dos amigos. O que ele não sabia, era que o carro estava possuído por uma - feminina - força maligna, que com ciúmes começa a perseguir os seus amigos. Um filme divertido, recheado de bons momentos e da criatividade de Carpenter, que faz o público temer um vilão, no mínimo, inusitado. "

9º It: A Obra Prima do Medo (1990)




"Filme que contribui diretamente para o aumento da clownfobia, o popular medo de palhaço, It é uma minissérie feita para a TV em 1990, que acabou se tornando um filme de sucesso na época das locadoras. Com cerca de 190 minutos de duração e um brilhante desempenho de Tim Curry, na pele do assustador Pennywise, o longa acabou envelhecendo muito bem. Na trama, um palhaço maligno acaba perseguindo uma série de crianças de uma pequena cidade. Um grupo de corajosos jovens, no entanto, acabam derrotando esse palhaço. Eles não contavam, porém, que trinta anos depois Pennywise voltaria a atacar. Já adultos, os seis jovens novamente se reúnem para tentar colocar fim, de uma vez por todas, a essa força sinistra. Entre altos e baixos, o longa ficou marcado não só pelo desempenho de Tim Curry, mas por algumas clássicas cenas, como por exemplo, a ótima sequência do chuveiro. Ainda hoje um filme que assusta."

8º Cemitério Maldito (1989)



"Roteirizado pelo próprio Stephen King, Cemitério Maldito é talvez um dos grandes marcos na carreira do escritor. Dirigido por Mary Lambert, o filme aposta num tom gore e num desfecho que se mostra -genuinamente - surpreendente. No longa, uma família acaba se mudando para uma casa a beira de uma perigosa estrada. Lá, eles descobrem que estão próximos de um misterioso cemitério indígena. Reza a lenda, que esse cemitério teria o poder de ressuscitar qualquer criatura morta. Após um acidente na estrada, o gato desta família acaba morrendo. Sabendo que a sua filha iria ficar abatida com a notícia, o pai resolve enterrar o gato neste cemitério, e como a lenda antecipava, ele acaba voltando a vida. No entanto, ele não volta em seu estado normal. A partir daí, uma sequência de tragédias acaba abatendo essa família. Com a ótima trilha sonora da banda Ramones, incluindo a música Pet Sematary, e a presença do então jovem Miko Huges, Cemitério Maldito é um clássico cult. O curioso é que o longa traz a presença de Fred Gwynne, o carismático Herman, da família monstro. Lembram dele? "

7º Colheita Maldita (1984)




"Com a bela Linda Hamilton no elenco, antes do sucesso em Exterminador do Futuro, Colheita Maldita criou um grande impacto por colocar inocentes crianças como os antagonistas da história. Dirigido por Fritz Kiersch, o longa tem como grande destaque o ator John Franklin, que mostrou um ótimo desempenho na pele do líder desta seita infanto-juvenil, que perseguia e matava todos os adultos que passavam para cidade. O curioso é que apesar da aparência mais jovem, Franklin tinha 25 anos quando rodou o filme. Um bom filme de terror, que marcou época, mas acabou rendendo péssima sequências, sem qualquer ligação com a obra original. Vale destacar que Colheita Maldita é um conto assinado por King, que acabou sendo publicado no livro Night Shift."

6º Louca Obsessão (1991)



"Dirigido por Rob Reiner, Louca Obsessão é uma das adaptações mais importantes do escritor Stephen King. Isso porque a ótima Kathy Bates ganhou o Oscar pelo seu desempenho no longa, na pele de uma fã que acaba ajudando o seu escritor preferido, vivido por James Caan, após um acidente. Tudo ia bem até ela descobrir que esse escritor vai matar o seu personagem favorito. (Imagina se George R.R Martin caísse nas mãos dela)  Obcecada por esse personagem, ela sequestra o escritor e passa a tortura-lo. Pelo desempenho da dupla Bates\Caan e pela ótima trama, Louca Obsessão merece estar neste Top 10."

5º O Nevoeiro (2007)


"O mais recente filme desta lista é também um dos meus longas prediletos baseados em livro do Stephen King. Dirigido por Frank Daranbont, sem dúvidas o melhor diretor a adaptar as obras do escritor, O Nevoeiro é um daqueles trabalhos tensos, que ganhou repercussão graças ao seu impactante desfecho. Na trama, liderada pelo competente Thomas Jane (O Justiceiro), uma família busca refúgio em um mercado após um misterioso nevoeiro atingir a sua cidade. Pensado para ser em preto e branco, Daranbont acabou rodando o longa com cores, o que teria desagradado King, no entanto, o DVD especial traz uma cópia em preto e branco. Outro ponto que criou polêmica foi o desfecho. Na verdade, o DVD traz duas versões deste final, e na minha opinião o original é o mais coerente. Uma poderosa crítica social. "

4º Conta Comigo (1986)



"Olha o Rob Reiner aqui de novo. Diferente do que muitos acreditavam, Stephen King é um escritor de mão cheia - também - no quesito obras dramáticas. Muitos livros deles ganharam ótimas adaptações e uma delas é Conta Comigo. Com um elenco juvenil recheado de nomes talentosos, incluindo o quarteto principal formado por River Phoenix, Whil Wheaton (Big Bang Teory), Corey Feldman e Jerry O'Connel. Na trama, um grupo de jovens resolve partir numa jornada na tentativa de encontrar o corpo de um garoto, que morreu vitima de uma acidente de trem. Essa jornada, no entanto, acaba esbarrando na presença de um rebelde vivido por Kiefer Sutherland. Indicado ao Oscar melhor roteiro adaptado, o longa é uma bela jornada de autodescoberta, marcado por ótimas cenas. Um filme querido por dez entre dez fãs de cinema."

3º A Espera de Um Milagre (1999)


"Também dirigido por Frank Daranbont, A Espera de um Milagre é mais um filme de King a fazer história. Com mais de 3 horas de duração, o longa faturou mais de 280 milhões de dólares em todo o mundo, um marco para filmes desta duração. Apostando nas grandes atuações de Tom Hanks e, principalmente, do finado Michael Clark Duncan, o longa narra a história de um prisioneiro com poderes paranormais que acaba sendo condenado a pena de morte. No corredor da morte, ele acaba criando um forte laço de amizade com o chefe de segurança do presídio (Hanks). Dessa amizade acaba nascendo a dúvida se ele deveria, ou não, estar no corredor da morte. O longa acabou sendo indicado a quatro Oscars e foi considerado um dos melhores trabalhos do ano de 1999. Um filme forte, sensível, e tocante, que levou milhões e milhões de pessoas às lágrimas."

2º Um Sonho de Liberdade (1994)


"Com a maior nota dentro do IMDB, site a nível mundial que abre espaço para uma análise crítica dos filmes, Um Sonho de Liberdade é a primeira adaptação de King dirigida por Frank Daranbont. Indicado a sete Oscars, o longa apresenta o brilhante desempenho da dupla Morgam Freeman e Tim Robbins. Na trama, Robbins vive um banqueiro traído, que acaba sendo condenado pela morte de sua mulher e do amante. Na prisão, ele acaba fazendo amizade com um preso popular (Freeman) e luta para tentar provar a sua inocência. Repleto de personagens marcantes, Um Sonho de Liberdade é um daqueles trabalhos inesquecíveis. "

1º O Iluminado (1980)




"E o nosso primeiro lugar não poderia ser outro. Apostando em um Jack Nicholson surtado, e na direção do grande Stanley Kubrick, O Iluminado até hoje é citado como um dos grande clássicos do suspense\terror. O curioso é que a obra desagradou, e muito, o escritor Stephen King. Na verdade, em uma entrevista recente, King classificou o filme como frio.Disse ainda que o longa manteve o público distante da trama e criticou o desempenho de Nicholson, dizendo que desde a primeira cena ele já parecia psicótico, fato que na visão do escritor fugia, diretamente, da obra original. Independente das críticas de King, O Iluminado ainda hoje faz muito sucesso junto aos fãs do gênero, e segue inspirando novas gerações de diretores. Na trama, Nicholson vive um escritor que acaba aceitando um emprego de zelador em um hotel durante o recesso de inverno. Ao lado de sua esposa, interpretada por Shelley Duvall, e de seu filho, vivido por Danny Loyd, o escritor surtando ao não conseguir a inspiração necessária para escrever o seu livro. Com 142 min de duração e cenas extremamente marcantes, O Iluminado é um clássico definitivo. O longa mais cultuado entre as obras adaptadas do escritor Stephen King."

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...