segunda-feira, 24 de novembro de 2008

A volta dos que não foram !!!

Durante muitos anos escutei, e quem não escutou (?), piadas com relação a nome de filmes bizarros do tipo: "A trança do Rei careca", "Poeira em alto mar" e o mais famoso, "A Volta dos que não foram". Apesar de ridiculos e sem graça alguma, nos últimos cinco anos, há um movimento no cinema que tenta de alguma forma, seguindo a linha "a volta dos que não foram", ressuscitar famosos personagens do cinema.
O primeiro a seguir esta linha foi Sylvester Stallone, que com 60 anos trouxe de volta o boxeador Rocky Balboa, para a sexta e última, continuação da série. O filme foi um sucesso de público, e assim como um virús daqueles filmes de zumbis, ressuscitou uma série de personagens já enterrados.
Seguindo esta linha de "revival", no ano de 2007 aos 52 anos, o alemão Bruce Willis, resolveu trazer de volta o personagem John Mclane e á série Duro de Matar. Sucesso no anos 80, o quarto filme manteve o ótimo nível, conquistando boas críticas e principalmente o público. O filme faturou mais de 380 milhões de dólares em todo o mundo e encerrou, será (?), com chave de ouro a franquia Die Hard
Porém, é no ano de 2008 que acontece o ápice deste movimento, quando Harrison Ford e novamente Sylvester Stallone, trazem de volta as telonas dois dos maiores personagens do cinema de ação/aventura: Indiana Jones e John Rambo.
Rambo inaugurou o ano com o quarto filme da série, que para muitos foi um dos melhores apesar dos 62 anos de Stallone. O filme seguindo a linha dos revival's anteriores, também foi um sucesso de público no Brasil e em todo o mundo, e até por isto o Millenium Studios já está cogitando uma última continuação para a série de sucesso.
Foi também no ano de 2008, que Harrison Ford trouxe de volta a trilogia Indiana Jones, com o quarto filme da série intitulado "Indiana Jones e o Reino da Caveira de Cristal". Ford, também na casa dos 60 anos, conseguiu manter o ritmo do velho Jones e não decepcionou os fãs da série. Talvez por isto, o filme foi um grande sucesso de público em todo o mundo, liderando as bilheterias americanas e as brasileiras, por algumas semanas.
Enfim, como vocês puderam ver, os revival's fizeram grande sucesso em todo o mundo e o motivo deste texto é a chegada de mais um destas continuações, "O Exterminador do Futuro", que deverá chegar aos cinemas em 2009. Arnold Schwarzenegger, o então governador do estado da California, resolveu que irá participar da continuação, porém devido a sua idade já avançada e a péssima forma fisica, Schwarzenegger pode inaugurar um recurso que a muito tempo se é pensado e aos poucos é melhor aceito: o personagem completamente digital. Arnold foi visto em setembro, quando estava no auge de sua forma, nos estúdios do filme para digitalizar suas formas físicas, para quem sabe utiliza-las mais tarde. A idéia da digitalização do personagem T-8000, ainda não está plenamente concretizada, mas pode ser que O Exterminador do Futuro inaugure este recurso completamente inovador.
Agora se a moda pega, imagina quantos atores vão poder se perpetuar no cinema. Imaginem que, daqui a 30 anos poderiamos ver em ação uma nova continuação de Indiana Jones, ou então de Rambo, ou até mesmo atores que já faleceram de volta as telonas. Quem sabe poderiamos ver novamente, Marlon Brando, ou então o jovem Heath Ledger. Enfim, qual personagem que vocês gostariam de ver novamente (?), já que como a tecnologia vem revolucionando o cinema, esta cada dia mais perto o uso destes fantásticos recursos.

Um comentário:

Gabi disse...

Adorei esse post!
O titulo então...bem original!
ÓTIMOS FILMES ESSES!
Bjus.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...