domingo, 27 de outubro de 2013

Top 10 (Cinema e os seus Navios, Barcos e etc...)

E nesse fim de semana o cinema Nacional lança mais uma comédia em 2013. Trata-se de Meu Passado me Condena, novo longa do comediante Fabio Porchat. O filme tem até recebido algumas críticas positivas, mas o que mais me chamou a atenção, é o fato da obra ter praticamente sido toda rodada dentro de uma embarcação. O que, aliás, não é nenhuma novidade, já que o cinema sempre utilizou muito bem todos os tipos de embarcações. Vamos então reunir aqui no Cinemaniac dez dos melhores filmes passados em navios, barcos, submarinos e etc... E começamos com:

10º Um Barco e Nove Destinos - 1944


"E começo esta lista com um clássico do gênio Alfred Hitchcock. Um Barco e Nove destinos é um filme de sobrevivência do ano de 1944 e se passa durante a Segunda Grande Guerra. Na verdade, após um embate entre um navio americano e um alemão, um grupo de oito britânicos e americanos acaba se reunindo em um bote salva-vidas. A questão é que em meio a tentativa de escapar das linhas inimigas, eles acabam se deparando com um marinheiro alemão à deriva e passam a discutir o futuro desse nono homem. Por dois motivos, Um Barco e Nove Destinos é um dos mais importantes filme de guerra realizados. Primeiro porque foi concebido ao longo da Segunda Guerra e, principalmente,  por tentar humanizar a figura do soldado alemão, que era naquele momento escrachado pelos norte-americanos. O curioso é que o filme foi todo rodado dentro d'água, e por isso a maioria dos atores sofreram com a pneumonia. Baita filme, que não figura entre os mais conhecidos de Alfred Hitchcock."

9º Mestre dos Mares - 2003




"Continuando no terreno das guerras, o nosso nono lugar é Mestre dos Mares, longa dirigido por Peter Weir e protagonizado por Russel Crowe e Paul Bettany. O longa volta à época de Napoleão Bonaparte. Com grande recriação e batalhas de tirar o fôlego, Mestre dos Mares se mostra uma ótimo filme do gênero. O curioso é que o longa foi todo rodado no mesmo tanque em que Titanic foi filmado, fato que só amplia a realidade do que é mostrado em cena."

8º O Destino de Poseidon - 1972



"Saindo um pouco do terreno das batalhas, trago um dos primeiros grandes trabalhos sobre as tragédias marítimas. Trata-se de O Destino de Poseidon, longa do ano de 1972 que trouxe Gene Hackman como protagonista. Na trama, que se passa no último dia do ano, um transatlântico de luxo acaba sendo atingido por uma onda gigantesca. Apesar de estar submerso, parte dos passageiros se salvam e iniciam uma luta contra o tempo para deixarem a embarcação. Vale destacar que essa obra foi inspirada no acidente com o barco Queen Mary, que durante a Segunda Guerra quase virou após se chocar com uma onda gigante. O barco não virou e acabou servindo de set para as cenas iniciais do filme. Além de Gene Hackman, o longa traz ainda um experiente elenco, com nomes como Ernest Borgnine, Roddy McDowall e Shelley Winters. O Destino de Poseidon ganhou uma interessante refilmagem chamada apenas de Poseidon (2006) e dirigida por Wolfgang Petersen, que será citado mais a frente."

7º As Aventuras de Pi - 2012



"Um dos grandes filmes de 2012, As Aventuras de Pi é também um dos mais recentes exemplares do fascínio do cinema pela sobrevivência no mar. Vencedor de 4 Oscars, incluindo Melhor Diretor para Ang Lee, Pi é um daqueles exemplares raros. Um filme tecnicamente perfeito, com uma grande trama e toda uma incrível história, o longa narra a história de Pi Patel, um jovem sonhador que acaba sendo o único sobrevivente de um grande acidente marítimo. O que chama a atenção é que o livro As Aventuras de Pi, escrito por Yann Martel, teve como inspiração o livro "Max e os Felinos", do escritor brasileiro Moacyr Scliar. Visualmente brilhante, e com uma grande trama, As Aventuras de Pi é um filme obrigatório para os fãs do cinema."

6º Tubarão - 1975



"Como não lembrar daquela fantástica trilha sonora composta por John Williams. Tubarão é mais um dos clássicos exemplos de filmes que se passam no mar. Dirigido por Steven Spielberg, o longa se tornou um clássico do suspense ao colocar um tubarão como um implacável vilão. Com Roy Scheider, Richard Dreyfuss e Robert Shaw, o longa narra a tentativa de um Xerife e um experiente pescador de exterminarem um gigantesco tubarão que vem atacando aos banhistas. O sucesso foi tanto que o filme acabou conquistando três Oscars e colocou Spielberg, naquele momento, como uma das principais revelações do cinema mundial. Em cima desse êxito, Tubarão teve ainda mais três sequências. Aqui no Brasil o filme também fez muito sucesso, levando mais de 13 milhões de pessoas aos cinemas, sendo que em todo mundo mais de 250 milhões assistiram o longa dirigido por Spielberg."

5º Moby Dick - 1956



"Dirigido pelo grande John Huston, Moby Dick é um dos mais famoso filmes do gênero. Baseado no clássico literário escrito por Herman Melville, o longa é narrado por Ismael, um veterano do Mar que resolve investir na pesca de baleias. Ao lado de seu amigo Queequeg, ele embarca em um navio comandado por Ahab que alimenta grande ódio pela baleia Moby Dick. Gregory Pack interpreta o capitão Ahab e Richar Basehart Ismael. Além deles, o longa ainda traz uma participação do diretor e ator Orson Wells. O curioso é que apesar da grandiosidade, o filme custou apenas 4 milhões e meio de dólares, valores completamente distantes das produções atuais."

4º Quadrilogia Piratas do Caribe - 2003, 2006, 2007 e 2011



"Inspirado em uma atração da Disney, Piratas do Caribe é a maior franquia cinematográfica dos sete mares. Os quatro filme, juntos, faturaram mais 3 bilhões e meio de dólares em todo o mundo, e a franquia acabou revolucionando o gênero. Se apoiando nas aventuras do carismático pirata Jack Sparrow (Johnny Depp), o longa fez sucesso em todo o mundo apresentando os navios Pérola Negra e o Holandês Voador. Foram 11 indicações ao Oscar, e o sexto filme está a caminho, com lançamento previsto para 2016."

3º Mar em Fúria - 2000


"Dirigido pelo experiente Wolfgang Petersen, Mar em Fúria é baseado em uma história real e traz George Clooney como protagonista. O longa, que conta também com Mark Wahlberg, narra a tragédia envolvendo o barco Andrea Gail e a sua tripulação de pescadores. Com efeitos visuais extremamente bem concebidos, e com a experiência de Petersen em rodar filmes no mar, Mar em Fúria é de um realismo impressionante. Assim como em Titanic e Mestre dos Mares, o diretor utilizou um gigantesco tanque para rodar as cenas de impacto do barco."

2º O Barco: Inferno no Mar - 1981



"Primeiro filme de sucesso de Wolfgang Petersen, O Barco é também uma aula de cinema de 293 minutos. Na verdade, o longa foi concebido como uma mini-série para TV, mas acabou logo sendo lançado como filme, com 193 minutos de duração. O longa narra a história da jovem tripulação do submarino alemão U-96, que durante a Batalha do Atlântico, na Segunda Guerra, vivem num verdadeiro inferno claustrofóbico afundando navios inimigos e resistindo aos ataques constantes. Filmado em submarinos construídos em tamanho real, o longa foi rodado sem som e dublado após as filmagens. Durante muitos anos foi o filme alemão mais caro da história, sendo superado somente em 2006 pelo longa Perfume: A História de um Assassino. Das Boot, do original, custou cerca de 40 milhões de dólares, muito em função da megalomania e do perfeccionismo de Wolfgang Petersen. Para se ter uma noção, Petersen impediu que os atores tomassem sol para manterem a palidez natural aos tripulantes de submarinos. Uma obra sufocante e definitiva, que até hoje é um marco para os filmes do gênero."

1º Titanic - 1997




"E como não podia deixar de ser, o nosso primeiro lugar é um dos filmes de maior bilheteria de todos os tempos. Dirigido por James Cameron, Titanic é um dos grande marcos do cinema atual e um dos meus filmes prediletos. Lançando Leonardo DiCaprio ao estrelato, Titanic foi um daqueles marcos do cinema. Se baseando livremente na tragédia real do gigantesco navio RMS Titanic, que afundou em sua viagem inaugural no ano de 1912, Cameron nos apresentou um trabalho de grandiosidade impar. Tudo é imponente, desde a construção do navio, à verossimilhança nos detalhes, passando a inesquecível cena do naufrágio. Trazendo ainda Kate Winslet e Billy Zane no elenco, Cameron faturou mais de 2 bilhões de dólares em bilheterias. A história de amor entre Jack (DiCaprio) e Rose (Winslet), rendeu ainda 14 indicações ao Oscar, vencendo em 11 categorias, incluindo Melhor Filme e Direção."

Menções Honrosas

- 20 mil léguas submarinas (1954)


"A obra de Julio Verne tinha que ter uma adaptação cinematográfica."

- U571 - A Batalha no Atlântico (2000)



"Outro baita filme de submarinos."

- A Vida Marinha com Steve Zissou (2003)



"Wes Anderson também já se arriscou no gênero"

- O Velho e o Mar (1958)



"Uma bela fábula"

- Piratas do Rock (2009)




"Um dos mais criativos filmes do gênero."

Um comentário:

Rebeca Mírian disse...

Super apoio titanic como peimeiro lugar, um dos filmes mais emocionantes que já vi, mas acho que Piratas do Caribe deveria estar ao menos em segundo(é um dos meus filmes favoritos, até), tirando titanic, é talvez o filme com navios mais conhecidos do mundo(OU QUASE ISSO)... mas tds realmente são ótimos. Obs: Faltou o terceiro navio principal de Piratas do Caribe, o Queen Anne's Revenge (Vingança da rainha Ana), o navio do Barba Negra em Piratas do caribe 4.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...