sábado, 5 de abril de 2014

Luto: Morre José Wilker


Luto no Cinema. Morreu na manhã deste sábado, aos 66 anos, o ator e crítico de cinema José Wilker. O cearense, que era o comentarista do Oscar para a Tv Globo, faleceu vítima de uma parada cardíaca enquanto dormia. Com grande colaboração para o Cinema Nacional, o ator estrelou 49 filmes, incluindo Guerra de Canudos, Dona Flor e seus Dois Maridos, Redentor, Xica da Silva e Bonitinha mais Ordinária. Wilker deixou ainda dois filmes inéditos já gravados: Isolados, do diretor Thomas Portella, que está em fase de pós-produção e A Hora e a Vez de Augusto Matraga, clássico de Guimarães Rosa que já está completo. Já para a TV o ator participou de grandes novelas, entre elas Roque Santeiro, O Rebu e Senhora do Destino. Seus últimos trabalhos foram a novela Amor a Vida, em que viveu o médico Hebert, e a continuação de A Casa da Mãe Joana. José Wilker deixa três filhas, Isabel, Mariana e Madá. Ele foi casado três vezes e atualmente namorava a jornalista Claudia Montenegro.

Atualizado 

Muito querido pelo meio artístico, os companheiros de profissão vieram a público demonstrar tristeza pela morte de José Wilker. Amigo pessoal do ator, Tony Ramos lamentou a surpreendente perda. "Ele era agradabilíssimo, muito querido. Ele me mandou flores no meu aniversário. Dá saudades desses gestos carinhosos, de poder recorrer a ele com uma dúvida sobre cinema. Ele era uma enciclopédia ambulante." revelou Tony.  Já Betty Farias comentou a causa da morte de Wilker. "Para ele é uma maravilha de saideira. Sem passar por hospital, aquela coisa triste", revelou Betty que comentou ainda a longa parceria com José Wilker "Temos quase meio século de parceria. (...) O Zé já foi tudo meu: meu marido, meu amante, meu algoz... Meus personagens também estão tristes." garantiu Betty Farias em entrevista a Folha de São Paulo. Bem mais sucinto, o ator Lima Duarte admitiu que a morte de Wilker "deixou um buraco enorme em seu coração." Até mesmo a presidenta Dilma Rousseff demonstrou pesar pela morte do ator. “Ator, crítico de cinema e exemplo de dedicação à arte, José Wilker nos presentou com interpretações que se tornaram ícones do cinema e da TV" revelou a mandatária em sua conta do Twitter. Depois de Paulo Goulart, sem dúvidas, mais uma grande perda para o Cinema Nacional. 

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...