sexta-feira, 27 de dezembro de 2013

Última Viagem à Vegas

Como é bom ver quatro "gigantes" do cinema - apenas - se divertindo em cena

Juntar Morgam Freeman, Robert De Niro, Michael Douglas e Kevin Kline em um mesmo filme, por si só, já torna Última Viagem a Vegas um trabalho diferenciado. Afinal, os seis Oscars conquistados pelo quarteto trazem um peso maior ao longa, e vê-los "brincando" de atuar em uma despretensiosa comédia é um capítulo à parte. Felizmente, no entanto, o filme não se resume ao carisma desses quatro astros do cinema. Dirigido por Jon Turteltaub, dos divertidos Jamaica Abaixo de Zero e A Lenda do Tesouro Perdido, a comédia recicla boas fórmulas utilizadas dentro do gênero. Apresentando uma mistura de Se beber Não Case com Antes de Partir, ainda que a trama soe clichê, o longa consegue equilibrar de forma eficiente a comédia e o drama, trabalhando na medida certa com o clima nostálgico. Diferente do que muitos esperavam, porém, o filme não se resume a exaltação da terceira idade, mas sim, de maneira geral, uma ode a capacidade de seguir aproveitando a vida.




Roteirizado por Dan Fogelman, do ótimo Amor a Toda Prova, a grande sacada do longa é explorar as principais características que marcaram a carreira desses atores. Robert De Niro então é o ranzinza mais durão, Freeman o mais afetuoso, Kline o excêntrico e Douglas, como não podia deixar de ser, o mulherengo vaidoso. Essa opção da trama, além de ser bem explorada em alguns momentos do longa, acaba deixando a sensação de que os astros estão a vontade, apenas se divertindo em cena. Última Viagem à Vegas narra a história do quarteto Billy (Michael Douglas), Paddy (Robert De Niro), Archie (Morgam Freeman) e Sam (Kevin Kline), amigos desde a década de 1960. Ao lado da jovem Sophie (Olivia Stuck), eles acabaram desenvolvendo uma forte ligação, incluindo um juvenil triangulo amoroso envolvendo Billy, Sophie e Paddy. Apesar de nunca deixarem de manter um contato, os anos vão se passando e eles acabam se separando. 50 anos se passam. Billy se torna um executivo bem sucedido, Paddy, um viúvo ranzinza, Archie, um homem de saúde frágil, e Sam, um entediado frustrado com sua rotina. Tudo muda, no entanto, quando Billy resolve finalmente casar. O detalhe: com uma mulher trinta e cinco anos mais nova. É ai que o quarteto resolve se reunir mais uma vez, para curtir, talvez, a última grande despedida de solteiro de suas vidas. 



Apesar de, aparentemente, a trama privilegiar a comédia, Última Viagem a Vegas acaba nos surpreendendo com bons toques de drama. Principalmente envolvendo o passado de Paddy, Billy e Sophie. Lições de moral a parte, Fogelman lida muito bem com o relacionamento entre eles, e os seus consequente problemas, sem pesar a mão dentro desta parte dramática. O curioso é que apesar dessa parte dramática girar em torno de Douglas e De Niro, o que mais acabou me agradando foi o desenvolvimento do personagem de Kevin Kline, o grande destaque do filme tanto na comédia, como também nesses momentos mais suaves. Vale destacar, porém, é que em nenhum momento esses quatro grandes nomes do cinema parecem estar no piloto automático. Apesar dos personagens simples, e da trama também não apresentar nada de muito novo, os quatro mostram grande química e carisma em cena, conseguindo até mesmo emocionar nas raras cenas verdadeiramente densas. É, no entanto, na comédia que o filme se encontra, principalmente quando coloca os quatro em situações fora do comum. Realmente funciona ver o quarteto em um concurso de biquínis, reclamando de dores, ou na fila de uma boate. Esses contrastes são extremamente divertidos, e bem explorados por Turteltautb. 


Uma espécie de Se Beber, Não Case geriátrico, Última Viagem a Vegas é uma diversão despretensiosa, que acaba surpreendendo ao não só explorar o talento de Robert De Niro e sua turma. Em uma época onde os astros de ação estão se reunindo (Os Mercenários), os astros da comédia também (É o Fim), já era tempo de grandes nomes do cinema começarem a explorar esse mercado. Melhor. Ao longo de uma hora e meia de projeção, somos brindados com quatros grandes nomes do cinema se divertindo em cena, como se estivessem realmente em um baita fim de semana. 


Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...