domingo, 11 de agosto de 2013

Top 10 (Piores pais do Cinema)

E neste domingo celebramos mais um dia dos Pais, data marcante para a maioria dos filhos espalhados por todo o mundo. Eu disse a maioria, porque alguns não tem muitos motivos para comemorarem a sua figura paterna. Na segunda parte do Top 10 Cinemaniac eu trago então os dez piores pais do Cinema, segundo a opinião do blog. Cuidado com eventuais Spoilers. E começamos com...

10 - Ellison Oswalt (A Entidade)



" E eu começo esta lista com um eficiente filme de terror recente, que conta com um pai pouco perceptivo. Mesmo sabendo que algo terrível ronda a sua família, o personagem interpretado pelo ótimo Ethan Hawke fica obcecado com uma possível grande história. O resultado não é só o afastamento dos filhos, mas um desfecho extremamente terrível para toda a família".

9 - Norman Osborn (Homem-Aranha 1, 2 e 3)


"Todos falam que a figura paterna serve como grande exemplo para qualquer filho. Esse não é o caso de Norman Osborn, um rico empresário psicótico interpretado por William Dafoe que perde o controle ao ser exposto por um gás tóxico. Norman acaba se tornando o Duende Verde, arquirrival do herói aracnídeo.  Como se não bastasse isso, ele acaba jogando o seu filho Harry Osborn, futuro Duende Verde, contra o seu grande amigo Peter Parker. Por todas as maldades e pelo péssimo exemplo, Norman Osborn pinta como o nono pior pai segundo o Cinemaniac."

8- Wayne Szalinsk (Querida Estiquei o Bebê e Encolhi as Crianças)


" Ahh Szalinsk, você é um pai tão carinhoso, mas ao mesmo tempo muito atrapalhado. Cientista genial vivido por Rick Moranis, Wayne Szalinsk consegue o absurdo de encolher todos os seus filhos, que se perdem no jardim, e numa segunda ocasião, esticar o seu bebê, que vira uma espécie de Godzila mirim em meio a Las Vegas. Por toda a falta de cuidado com seus experimentos, e com seus filhos, Szalinsk pinta na oitava colocação."

7- Harry Wormwood  (Matilda)


"Esse é o típico exemplo de péssimo pai. Interpretado por Danny DeVitto, Harry é ignorante, grosseiro e comete várias atrocidades contra sua filha. Desde de rasgar os seus livros prediletos, até vender a própria criança vivida por Mara Wilson. Pra piorar matriculam a garota na pior escola da região, comandada por uma diretora quase ditadora. Motivos suficientes para coloca-lo na sétima posição."

6 - Lt. Vincent Hanna (Fogo Contra Fogo)


"As vezes colocar o trabalho a frente da família é um grande problema. Esse é o caso policial Vincent Hanna, um ótimo profissional mas uma péssima figura paterna. Interpretado por Al Pacino, o oficial fica tão obcecado na caça do criminoso Neill McCaulley (Robert DeNiro) que esquece de sua própria filha, vivida por Natalie Portman. O afastamento é tão grande, que acaba levando a menina à tentativa de suicídio. Por esse fato Vincent Hanna ocupa a sexta colocação no Cinemaniac."

5 - David Callaway (Amigo Oculto)


"É meus amigos as vezes as aparências enganam... David Callaway parecia ser o pai perfeito, zeloso e responsável. O personagem interpretado por Robert DeNiro, no entanto, guarda uma grande surpresa que acaba levando a um desfecho surpreendente !!!! Pobre da Emily, sua filha vivida por Dakota Fanning."

4-  Royal Tenembaum (Os Excêntricos Tenenbaums)


"Mais excêntrico dos pais desta lista, Royal Tenembaum é aquele péssimo exemplo para os filhos. O personagem vivido por Gene Hackman é beberrão, apostador e não tem o mínimo de cuidado com os filhos. Talvez por isso suas "crianças" tenham crescido tão complicadas. Definitivamente não é um exemplo de figura paterna."

3 - Jack Torrance (O Iluminado)


"Jack Torrance é o pai mais assustador da história do cinema. Toda sua loucura, muito bem interpretada pelo excelente Jack Nicholson, dá arrepio. Pior para o coitado do pequeno Danny, que além de conviver com sua terríveis visões, tem que lidar com os delírios do seu pai. Quem não lembra da célebre frase "Here's is Johnny"."

2- Daniel Plainview (Sangue Negro)


"Esse é mais um exemplo de como a obsessão pelo trabalho pode fazer mal a seu filho adotivo, nesse caso diretamente. Daniel Plainview, vivido brilhantemente por Daniel Day-Lewis, é um pai solteiro, que na busca pela riqueza e o poder através do petróleo, acaba esquecendo de seu único herdeiro. O resultado é uma criação altamente questionável, que acaba diretamente atingindo a vida de seu filho, vivido por Dillon Freasier."

1- Darth Vader (Saga Star Wars)


" E o pior pai da história do cinema não podia ser outro: Darth Vader. Ele não só abandonou o filho, como se escondeu ao longo dos anos, não deu qualquer suporte a criança e no final das contas ainda tenta mata-lo. E por isso que Darth Vader, como grande representante do lado negro da força, é eleito pelo Cinemaniac como o pior pai já criado pelo cinema."

Gostou da lista, acha que esquecemos alguém, deixe seu comentário abaixo. Se quiser conhecer a lista dos melhores pais do cinema, segundo o Cinemaniac, clique aqui.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...