terça-feira, 4 de agosto de 2009

Cinemaniac Indica (Inimigos Públicos)

Não há nada melhor até agora em 2009, do gênero ação, do que Inimigos Públicos. Com excelentes cenas, ótimas atuações, brilhante cuidado técnico e com uma adaptação quase perfeita, Michael Mann mais uma vez se consagra dirigindo dois grande atores.

Para quem não se recorda, Mann foi o diretor de Fogo Contra Fogo, clássico filme de ação que trouxe no elenco Robert De Niro e Al Pacino, talvez os dois grandes astros daquele momento. E ao ver Inimigos públicos, pude perceber muitas semelhanças entre estes dois filmes, a começar por esta dualidade, que em Inimigos Públicos, fica nas mãos de Johnny Depp e Cristian Bale, inegavelmente dois grande astros do momento atual.

Mas estas semelhanças não são um demérito para Mann, justamente pelo contrário, pois ele se apoia em um grande filme, Fogo contra Fogo, para produzir um ainda melhor, Inimigos Públicos. Se em Fogo contra Fogo, um filme de quase três horas de duração, a ação não era tão frenética, em Inimigos Públicos, com pouco mais de duas horas, podemos perceber um filme bem mais dividido, alternando grandes cenas de ação à momentos de diálogos muito bem construídos.

Aliás, Mann é o mestre nas cenas de tiroteios. Nenhum diretor consegue chegar perto, quando se trata de uma boa troca de tiros. Com ótima sonoplastia e acima de tudo excelentes ângulos de camêra, muitos deles em primeira pessoa (ao estilo video game), o diretor consegue colocar o espectador dentro da cena, fazendo com que ele se prenda cada vez mais ao filme. E como se não bastasse todos os recursos técnicos, o filme tráz um elenco de primeira, que inclui o grande astro Johnny Depp.

Depp é um capítulo a parte. Ele é o típico ator que leva o espectador ao cinema. Na fila, para comprar o ingresso, você percebe que o espectador está ali sem saber muito sobre o filme, a não ser que o ator vai está lá. E mais uma vez ele não decepciona. Interpretando o personagem real John Dillinger, Depp vive um bandido que cativa ao espectador desde a primeira cena, não por ser bonzinho, coisa que o filme em nenhum momento se preocupa em mostrar, mas sim por parecer real, ter medos e anseios. Em contrapartida, Christian Bale vive o polcial Melvius Purvis, outro personagem real, que liderou as caça aos Inimigos Públicos durante a fase da grande depressão. Diferente de Dillinger, o personagem de Bale é frio e quase inexpressivo. Focado em conseguir prender os bandidos, Purvis se mostra preparado, é graças a grande atuação de Bale, consegue também, menos que Depp, cativar o espectador. Além de Johnny Depp e Cristian Bale, o filme tráz também no elenco a excelente Marion Cotilard (Piaf), perfeita no filme, Billy Crudup (Quase Famosos), Stephen Dorf (Blade), Giovani Ribisi (60 segundos), Stephen Graham (Sntach) dentre muitos outros.

Inimigos Públicos se passa nos anos 30, quando o FBI corre atrás de três famosos mafiosos (John Dillinger, Baby Face Nelson e Pretty Boy Floyd), durante a era da Depressão, quando uma onda de crimes assolou os Estados Unidos. Foi a partir daí que o FBI tornou-se a primeira agência federal de polícia do país, controlado por J. Edgar Hoover.

Além de tudo o que foi falado acima, Inimigos Públicos é todo filmado em HD (High definition) o que é sensacional. Tudo parece mais real, mais vibrante, as expressões se tornam mais claras, nitidas, enfim é a tecnologia é prol do desenvolvimento das técnicas cinematográficas. Enfim, Inimigos Públicos é aquele filme deslumbrante, que encanta o espectador mesmo com a sua temática sobre a violência. Com excelentes cenas, ótima trilha sonora e grandes atuações Inimigos Públicos é um dos melhores filmes lançados em 2009 e me arrisco a dizer, terá presença certa no Oscar do próximo ano. Então não deixe de assistir.

OBS: Este já é mais um filme a entrar para a minha lista de melhores do ano. Até agora já são Quem quer ser um milionário, Gran Torino, Coraline, Batman: O Cavaleiro das Trevas e Inimigos Públicos. Quem será o próximo...

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...