quinta-feira, 26 de fevereiro de 2009

Novidades (Quanto mais eu rezo, mais assombração me aparece)

Pode parecer perseguição, mas eu juro que não é. Toda hora, aqui no blog, eu critico os chamados remakes. Acho que falta muita criatividade no cinema americano, e até por isto eles cada vez mais se proliferam por lá. Somente na última semana, foram confirmados mais dois remakes, de clássicos da década de 80: O Vingador do Futuro e História Sem Fim.
Sucessos da década de 80, ambos os filmes tiveram os seus remakes oficializados e em breve estarão de volta aos cinemas de todo o mundo. O vingador do futuro, que trazia Arnold Schwarzenegger como protagonista, teve seus direitos adquiridos pela Originals Films, que quer passar o projeto para a Columbia Pictures. Grande sucesso de ficção-científica, inspirado no conto de Philip K. Dick, "We Can Remember It for You Wholesale", O Vingador do Futuro colocava Schwarzenegger no papel de um sujeito que descobre ser agente duplo e é perseguido até os confins de uma colônia em Marte.
Enquanto uma nova versão de um clássico da ficção-científica era anunciada, um clássico da sessão da tarde irá, também, voltar as telonas. A produtora de Leonardo DiCaprio, Appian Way, está negociando com a produtora Kennedy/Marshall Co. e a Warner Brothers para dar uma repaginada no longa A história sem fim, do ano de 1984.
Primeiro filme do alemão Wolfgang Petersen, depois que ele dirigiu o cult O Barco, a co-produção EUA-Alemanha Ocidental, baseada no romance alemão homônimo de Michael Ende, contava a jornada do garoto Bastian Balthazar Bux num mundo literário paralelo, em que as aventuras de um herói no reino de Fantasia se confundiam com sua vida real, fora do livro.
Diferentemente do primeiro, O Vingador do Futuro, acho que um remake de História Sem Fim viria a "calhar", já que o filme é um grande clássico e seria bastante interessante ve-lo produzido com os novos recursos tecnologicos.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...