quarta-feira, 28 de dezembro de 2016

Artistas lamentam a morte de Carrie Fisher nas redes sociais


"Esperança!". A última palavra dita por uma digitalizada Princesa Leia na sequência final de Star Wars: Rogue One me fez deixar a sala de cinema em euforia. Infelizmente, poucos dias depois, o nome da personagem idealizada por George Lucas volta a ser citado aqui num cenário bem mais triste. Como esperado, a morte da carismática Carrie Fisher, que faleceu nesta terça-feira (27), aos 60 anos, em decorrência de um ataque cardíaco, caiu como uma bomba nas redes sociais. Dona de um temperamento forte, ela se tornou um estrondoso ícone pop, uma figura à frente do seu tempo que lutou pelo empoderamento feminino dentro da indústria do entretenimento. Num passado não muito distante, foi dela um dos primeiros grandes passos rumo a igualdade de gêneros em Hollywood. Fisher e a sua Leia Organa não só roubaram a cena dentro de uma das maiores franquia da cultura pop, como também abriram as portas para que atrizes como Sigourney Weaver, a Ripley da série Alien, Linda Hamilton, a Sarah Connor de O Exterminador do Futuro, Milla Jovovich, a Alice da saga Resident Evil e Scarlett Johansson, a Viúva Negra do universo Vingadores pudessem brilhar.



Ao longo da sua rica trajetória, porém, Carrie Fisher experimentou o melhor e o pior de Hollywood. Alcançou o merecido estrelato para depois flertar com o perigoso ostracismo. Os seus problemas com o abuso de drogas logo se tornaram notórios, assim como a sua personalidade radiante e indomável. Um dos parceiros de set da atriz na trilogia original, o ator Peter Mayhew lembrou justamente deste impacto que ela causava quando entrava em qualquer recinto. "Não há palavras para essa perda. Carrie era a luz mais brilhante em toda sala que entrava.", afirmou o homem (foto abaixo) por trás do gigante Chewbacca.

Após se revelar sem palavras logo após a fatídica notícia, Mark Hamill soltou agora a pouco um emocionante comunicado na sua conta do Twitter. No texto, ele lembra que Fisher representou um papel significativo tanto na sua vida profissional, como também na pessoa. "Nunca é fácil perder alguém tão vital, tão insubstituível, mas isto é francamente doloroso. Carrie era um tipo que pertencia a todos nós, independente se ela gostasse ou não. Ela era a nossa Princesa, droga, e a atriz que a transformou em algo lindo, ferozmente independente, ferozmente engraçado, a mulher responsável por tornar os nossos suspiros coletivos. Determinada e resistente, mas com uma vulnerabilidade que fez você criar uma conexão básica com ela e querer que ela tenha sucesso e seja feliz. Ela interpretou um papel tão crucial na minha vida profissional e pessoal, e ambas ficarão mais vazias sem ela. Eu sou muito grato pela sua risada, sabedoria, bondade e até mesmo pela malcriação e pela merda auto-indulgente que a minha amada irmã gêmea espacial me deu ao longo dos anos. Obrigado Carrie. Eu te amo", completou Hamill num sincero relato. Responsável por interpretar o par romântico da Princesa Leia na franquia, o aventureiro Han Solo, Harrison Ford também fez coro e admitiu que Carrie Fisher deixará saudades. "Carrie era única... Divertida e emocionalmente destemida. Ela viveu a sua vida com coragem. Meus pensamentos estão com seus familiares e muitos amigos. Iremos sentir sua falta".


Já a mente por trás do universo Star Wars, o diretor e roteirista George Lucas fez questão de elogiar a personalidade da atriz e lembrou das dificuldades em torno da sua indomável personagem. "Carrie e eu fomos amigos durante a maioria das nossas vidas adultas. Ela era extremamente inteligente, uma atriz talentosa, escritora e comediante com uma personalidade muito colorida que toda a gente amava. Em Star Wars ela foi a nossa princesa grandiosa e poderosa – arrojada, sábia e cheia de esperança num papel que era mais difícil do que a maioria das pessoas possa pensar", frisou Lucas. Assim como o "pai" da trilogia original, o diretor J.J Abrams lembrou do poder de Carrie Fisher e do seu afiado senso de humor. "Você não precisava conhecer pessoalmente Carrie Fisher para entender seu poder. Ela era tão brilhante e linda, crítica e maravilhosa, incisiva e engraçada como você poderia imaginar. Que injusto perdermos ela. Que sorte termos sido abençoados por sua presença.", revelou o realizador responsável pelo extraordinário Star Wars: Episódio VII - O Despertar da Força. Outro que se pronunciou sobre a morte da atriz foi o ator David Prowse, o homem por trás da armadura do icônico Darth Vader. "Estou extremamente triste em saber da morte de Carrie. Ela era maravilhosa para se trabalhar junto. Condolências para seus amigos, família e fãs pelo mundo", afirmou o ator. 

Carrie Fisher ao lado de Harrison Ford e Mark Hamill.
Representante da nova geração do universo Star Wars, a talentosa Daisy Ridley, a Rey do Episódio VII, se mostrou devastada com a morte de Carrie Fisher. "Absolutamente devastada por essa perda monumental. Somos sortudos por termos conhecido Carrie. Como é horrível ter que dizer adeus.", admitiu Ridley num curto comunicado. Um dos integrantes da velha guarda, o ator Anthony Daniels, o carismático C3PO, lembrou emocionado que neste ano o seu pedido de Natal não se concretizou. "Pensei que tinha o que queria sob a árvore. Eu não tinha. Apesar de tantos pensamentos e orações. Estou muito, muito triste." admitiu Daniels.


Responsável por dar vida ao pequeno Ewok que se junta a rebelião em Star Wars: O Retorno de Jedi (1983) lembrou da gentileza da atriz e agradeceu o seu carinho durante as filmagens. "Princesa Leia, Carrie Fisher, agora está com a Força. A sua gentileza e sagacidade deixarão saudades. Descanse em Paz. PS: Obrigado pelo leite e pelos cookies." disse o ator que postou uma foto da sua infância ao lado de Fisher. Por fim, quem também se manifestou nas redes sociais foi ator Will Shatner, o Capitão Kirk da série Star Trek. "Eu estou profundamente triste em saber da morte de Carrie Fisher. Vou sentir falta das nossas brincadeiras. Uma luz e um maravilhoso talento foram apagados", lembrou o protagonista desta popular franquia. Que a Força esteja com você Carrie Fisher. RIP. Confira abaixo mais algumas outras manifestações de carinho de nomes como os de Whoopi Goldberg, da cantora Halsey e da atriz Elizabeth Banks.

- Elizabeth Banks: "Carrie Fisher foi tão espirituosa, provocadora e implacavelmente interessante. Droga, eu a amava."
- Whoopi Goldberg: "Carrie Fisher morreu, ela era mais engraçada e esperta do que qualquer pessoa tem o direito de ser."

- Halsey: "Carrie Fisher dedicou sua plataforma à consciência sobre saúde mental e o empoderamente feminino. Ela é um motivo e uma lembrança para continuar a luta. Descanse em paz".
- Colin Trevorrow: "Sempre."

- Mark Hamill: "Sem palavras. Devastado."

- Mark Ruffalo: "Uma das melhores pessoas de todos os tempos de Hollywood. Nós vamos sempre lembrar de você Carrie Fisher. "


- Dan Aykroyd: "Nossa linda, brilhante, engraçada, inteligente, doce e generosa Irmã Cara de Pau. Que irônico: o Natal era a coisa favorita de Carrie junto às crianças."
- Seth MacFarlane: "Carrie Fisher era inteligente, engraçada, talentosa, surpreendente e sempre divertida pra cacete. Uma Família da Pesada vai sentir sua falta imensamente.”

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...