sexta-feira, 5 de setembro de 2014

Top 10 (Dia do Irmão)

Neste dia 5 de setembro é comemorado no Brasil o Dia do Irmão. Para celebrar esta data, o Cinemaniac resolveu reunir alguns irmãos que acabaram conseguindo grande destaque em Hollywood. Para comprovar o mito que o talento está no sangue, confira a lista com uma série de famosos ligados não só pela arte, mas também pelo DNA.


10º Irmãos Marx 

                       

Um dos grandes símbolos do humor na transição do cinema mudo para o falado, os Irmãos Marx são até hoje celebrados pelos seus marcantes trabalhos. Nascidos entre 1887 e 1901, os irmãos Leonard Marx, Adolph Arthur Marx, Julius Henry Marx, Milton Marx e Herbert Marx se consagraram através dos personagens Chico, Harpo, Groucho, Gummo e Zeppo. Apesar de Milton só ter trabalhado com o grupo na época dos teatros, o quarteto traz no currículo o clássico Diabo a Quatro, um dos grandes trabalhos dentro da comédia. Juntos, o quarteto ainda traz no elenco as comédias Os Galhofeiros, Os Quatros Batutas, The Cocoanuts e Os Gênios da Pelota.

9º Dakota Fanning e Elle Fanning

Duas das grandes revelações do cinema atual, Dakota e Elle Fanning usaram o cinema como seu playground. Atuando desde os sete anos, Dakota não demorou para mostrar o seu talento. Desde o seu primeiro longa, o drama Uma Lição de Vida (2001), a atriz encantou por sua intensidade e por não se intimidar ao contracenar com Sean Penn. Ao lado de Elle, que estreou aos 2 anos vivendo a personagem mais jovem, Dakota usou Uma Lição de Vida como um grande trampolim. Sem perder muito tempo, a atriz protagonizou O Gato (2003), Grande Menina, Pequena Mulher (2003), Chamas da Vingança (2004), O Amigo Oculto (2005) e Guerra dos Mundos (2005). No auge, pasmem vocês, aos 11 anos, ela optou por papeis em filmes mais juvenis, conseguindo destaque em Sonhadora (2005), A Menina e o Porquinho (2006) e A Vida Secreta das Abelhas (2008). A transição para a fase adolescente, no entanto, diminui o impacto de suas atuações. Optando por apostar em questionadas franquias teen's, como Crepúsculo e Heróis (2009), Dakota só repetiu as boas atuações de sua infância em The Runaway (2010) e Agora e para Sempre (2012). Em compensação, Elle Fanning vive o momento de alta de sua carreira. Lançada em A Creche do Papai (2003), a jovem de 16 anos brilhou em Um Lugar Qualquer (2010), Super 8 (2011), Compramos um Zoológico (2011) e em Malévola (2014), onde deu vida a clássica bela adormecida. 

8º Julia Roberts e Eric Roberts


Apesar de não alimentarem uma boa relação, os irmãos Eric e Julia Roberts trilharam caminhos opostos em Hollywood. Enquanto Julia Roberts se tornou uma das mais famosas atrizes da década de 1990, estrelando longas como Flores de Aço (1989), Uma Linda Mulher (1990), Dormindo com o Inimigo (1991), O Dossiê Pelicano (1993), O Casamento de Meu Melhor Amigo (1997) e Um Lugar Chamado Notthing Hill (1999), Eric Roberts se perdeu em meio a filmes do segundo escalão. Apesar de ter uma indicação ao Oscar, em Expresso para o Inferno (1985), o ator não conseguiu se destacar no cinema de ação. Se sua irmã seguiu se destacando ao longo das três últimas décadas, ganhando inclusive o Oscar de Melhor Atriz por Erin Brockovich (2000), Eric teve os seus melhores trabalhos entre 1970 e 1990, se destacando em Rei dos Ciganos (1978), Star 80 (1983) e Operação Kickbox (1989). Pai da também atriz Emma Roberts, que trabalhou com a tia em Idas e Vindas de Amor, Eric acusa Julia de ser mal agradecida e a critica por não reconhecer a sua ajuda no início da carreira dela.

7º Jane Fonda e Peter Fonda 


Filhos do grande Henry Fonda (12 Homens e uma Sentença), Jane e Peter Fonda comprovam o poder do DNA. Hoje com 76 anos, Jane se tornou um grande símbolo sexual da década de 1960, com o Sci-Fi Barbarella (1968). Indicada sete vezes ao Oscar, a atriz levou as estatuetas em Amargo Regresso (1978) e Klute - O Passado Condena (1971). Ela se destacou ainda em Dívida de Sangue (1968), Como Eliminar o seu Chefe (1980), Julia (1977), A Síndrome da China (1979), Num Lago Dourado (1981), onde atuou com seu pai, e A Manhã Seguida (1986). Após anunciar a sua aposentadoria em 1991, Jane Fonda voltou a ativa em 2005 e desde então teve destaque em E Se Vivêssemos todos Juntos (2011), O Mordomo da Casa Branca (2013) e na série de The Newsroom. Já Peter Fonda, pai da também atriz Bridget Fonda (O Beijo do Dragão), se destacou por protagonizar o clássico Easy Rider (1970). Indicado ao Oscar duas vezes, por Easy Rider e O Ouro de Ulisses (1998), aos 74 anos o ator traz no currículo longas como Pistoleiro sem Destino (1971), Os Vitoriosos (1963), Motoqueiro Fantasma (2007) e Os Indomáveis (2007). Peter e Jane nunca aturam juntos.

6º Jeff Bridges e Beau Bridges 


Filhos do ator Lloyd Bridges (Apertem os Cintos! O Piloto Sumiu), Jeff (a direita) e Beau Bridges (a esquerda) comprovam a tese que filho de peixe, peixinho é. Com uma das mais regulares carreiras da atualidade, Jeff Bridges é um dos grandes atores de sua geração. Indicado seis vezes ao Oscar, o ator de 64 anos ganhou a sua única estatueta pelo drama musical Coração Louco (2010). Com marcantes atuações em A Última Sessão de Cinema (1971), Starman (1984), Tron (1982), O Pescador de Ilusões (1991), O Grande Lebowski (1998), Homem de Ferro (2008) e Bravura Indômita (2010), Jeff tem a versatilidade como grande trunfo de sua carreira. Apesar de nunca ter conseguido o mesmo destaque do irmão nos cinemas, Beau Bridges também construiu sólida carreira. Se dedicando muito mais a TV, onde já ganhou dois Globos de Ouro, o ator de 72 anos estrelou Pânico na Multidão (1976), Norma Rae (1979), O Mundo de Jack e Rose (2005), A Menina e o Porquinho (2006), Max Payne (2008) e Os Descendentes (2011). Os dois irmãos atuaram juntos em Susie e os Baker Boys (1989).

5º Ralph e Joseph Fiennes

Dois dos Europeus com maior sucesso em Hollywood, os irmãos Ralph e Joseph Fiennes levaram a pompa inglesa a europeu. Marcado por dar vida ao vilão Voldermort, Ralph despontou para o cinema em O Morro dos Ventos Uivantes (1992). Um anos depois, o ator teve talvez o mais importante papel da sua carreira. Interpretando um oficial nazista em A Lista de Schindler (1993), Ralph ganhou a sua primeira indicação ao Oscar e cravou o seu nome entre os mais talentosos de Hollywood. Com uma carreira muito estável, o ator se destacou ainda no interessante Quiz Show (1994), O Paciente Inglês (1996), Sunshine - O Despertar de um Século (1999), Fim de Caso (1999), Dragão Vermelho (2002), o Jardineiro Fiel (2005) e O Leitor (2008). Seu último grande trabalho após a franquia Harry Potter (2001-2011) foi O Grande Hotel Budapeste (2014), que inclusive pode lhe render mais uma indicação ao Oscar. Com uma carreira mais distante do mainstream, Joseph Fiennes começou a se destacar como coadjuvante em Beleza Roubada (1996). Em 1998, no entanto, o ator conseguiu o seu merecido destaque em dose dupla. Nos longas Shakeaspeare Apaixonado e Elizabeth, Joseph comprovou todo o seu talento e definiu bem o seu caminho em Hollywood. Apostando em personagens fortes, geralmente voltados ao drama de época, ele se destacou ainda em Círculo de Fogo (2001), Lutero (2003), O Mercador de Veneza (2004), O Elo Perdido (2005) e Mandela (2007). Buscando mudar um pouco o seu estilo, o ator em breve estará nos cinemas com as aventuras Hércules e O Inventor de Jogos. Os dois não atuaram juntos.

4º Owen e Luke Wilson

                              

Mais voltado ao cinema pipoca, Owen Wilson começou a se destacar longe da comédia. Aproveitando papéis menores, marcados pelo bom humor, o ator começou a ser notado em Anaconda (1997), Armagedom (1998) e A Casa Amaldiçoada (1999). O grande destaque, porém, veio com o inusitado Bater ou Correr (2000), em parceria com Jackie Chan. Com um início de novo século avassalador, o ator emplacou as comédias Entrando Numa Fria (2000), Zoolander (2001), Os Excêntrios Tenembaums (2001), Atrás das Linhas Inimigas (2001), Bater ou Correr em Londres (2003) e Penetras Bons de Bico (2005). Trabalhando muito bem com os seus parceiros, incluindo os atores Ben Stiller e Vince Vaughn e o diretor Wes Anderson, Owen se manteve em destaque através dos elogiados Viagem a Darjeeling (2007), Marley e Eu (2008) e Meia Noite em Paris (2011). Já Luke Wilson deu o seu primeiro passo em Pura Adrenalina (1996), longa de estreia do diretor Wes Anderson. Apesar de ter se arriscado no cinema pipoca, com Pânico 2 (1997), Um Tira muito Suspeito (1999), As Panteras (2000), Legalmente Loira (2001) e Temos Vagas (2007), Luke sempre teve mais destaque nos filmes menores. Mesmo sem ter o status do irmão, Luke conseguiu êxito em Três é demais (1998), Dias Incríveis (2003), Tudo em Família (2005) e Idiocracia (2006). Os dois trabalharam juntos em alguns filmes, com destaque para Os Excêntrios Tenembaums (2001).

3º Sean Penn e Chris Penn

                           

Esse é um laço de irmandade que infelizmente foi precocemente rompido. Com carreiras nascidas de forma quase simultânea, Chris e Sean Penn se tornaram dois dos mais talentosos irmãos de Hollywood. Enquanto o mais velho Sean passou a ser reconhecido pela comédia Picardias Estudantis (1982), Chris teve o seu primeiro papel de destaque em O Selvagem da Motocicleta (1983). Ainda que Sean tenha se tornado o irmão mais conhecido, muito em função de suas intensas atuações e dos dois Oscar (Milk e Sobre Meninos e Lobos), foi Chris o primeiro a ter grande destaque. Conhecido por filmes como Footloose (1984), Império do Crime (1991) e Cães de Aluguel (1992), Chris Penn teve um início de carreira extremamente exitoso em Hollywood. Através de seu carisma Chris tinha a grande habilidade de transformar coadjuvantes em personagens significantes. Trazendo no currículo filmes como Amor a Queima Roupa (1993), Cenas da Vida (1993), Para Wong Foo (1995), o subestimado Os Chefões (1996), A Hora do Rush (1998) e o inusitado Um Beijo, Um Tiro (2001), Chris acabou falecendo repentinamente em 2006. Apesar de um velho histórico com drogas, o ator foi encontrado morto em sua casa vítima de uma doença cardíaca. Esse grande choque na vida de Sean Penn, no entanto, não impediu o irmão mais velho de seguir a sua expressiva carreira. Com filmes como O Pagamento Final (1993), Os últimos passos de um Homem (1995), Vidas em Jogo (1997), Além da Linha Vermelha (1998), Uma Lição de Amor (2001) e 21 Gramas (2003), Sean Penn se tornou um dos mais conceituados astros da atualidade. Sean e Chris podem ser vistos juntos no longa Caminhos Violentos (1986).

2º Ben Affleck e Casey Affleck\ Jake Gyllenhall e Maggie Gyllenhall

                             
Por serem contemporâneos, resolvi colocar esses dois casais de irmãos no mesmo patamar. Irmão mais velho da família Affleck, Ben despontou nos cinemas em Códigos de Honra (1992). Trabalhando com o diretor "nerd" Kevin Smith, Ben estrelou Barrados No Shopping (1995), Procura-se Amy (1997) e Dogma (1999). O estopim para o estrelato, no entanto, veio com o aclamado Gênio Indomável (1997). Ao lado do amigo Matt Damon, e do seu irmão Casey, Ben mostrou versatilidade ao ganhar o Oscar de Melhor Roteiro Original. A partir daí, ele enveredou para a ação, estrelando Armagedom (1998), Jogo Duro (2000) e Pearl Habor (2001). Após filmes de gosto duvidoso, entre eles o execrado Contrato de Risco (2003), o ator reencontrou o caminho com Atração Perigosa (2010), Argo (2012), em que levou o Oscar de Melhor Diretor, Amor Pleno (2012) e com o aguardado novo Batman. Um pouco mais distante do mainstream, Casey Affleck começou a se destacar em Um Sonho sem Limites (1995). Com a boa participação em Gênio Indomável, o ator foi escalado para a franquia Onze Homens e um Segredo (2001,2004 e 2007). Se dedicando a filmes mais independentes, Casey se firmou através de O Solitário Jim (2005), Medo da Verdade (2007), O Assassinato de Jesse James pelo covarde Robert Ford e Tudo por Justiça (2013). Ainda nesse ano, o ator vai estrelar Interstellar, longa dirigido por Christopher Nolan.


Irmãos que praticamente iniciaram juntos as suas versáteis carreiras, Jake Gyllenhall e Maggie Gyllenhall estão entre os mais talentosos representantes desta lista. Apesar de ter conseguido grande destaque em O Céu de Outubro (1999), o primeiro e cultuado filme dos dois foi Donnie Darko (2001). Vivendo o papel de irmãos também na ficção, o misterioso suspense representou o cartão de visitas da dupla. Três anos mais velha, Maggie não demorou muito para impressionar novamente em Secretária (2002), dando vida a uma assistente masoquista. Na sequência, mesmo sem protagonizar muitos longas, a atriz esteve no elenco de Adaptação (2002), O Sorriso de Monalisa (2003) e Mais Estranho do que a Ficção (2006). A grande virada de sua carreira, no entanto, veio com a trilogia Batman de Christopher Nolan e com o drama Coração Louco (2010), onde foi indicada ao Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante. Já Jake seguiu tendo marcantes atuações em diversos gêneros. Ele estrelou o romance Por um Sentido na Vida (2002), o catástrofe O Dia Depois de Amanhã (2004), o drama O Segredo de Brokeback Mountain (2005), os suspenses O Suspeito (2007), Zodíaco (2007) e Os Suspeitos (2013), o policial Marcados para Morrer (2012) e foi também herói de ação em O Príncipe da Pérsia (2010). Assim como sua irmã, ele tem um indicação ao Oscar por O Segredo de Brokeback Mountain (2005).

1º Shirley Maclaine e Warren Beatty 




Nascidos, respectivamente, em 1934 e 1937, Shirley Maclaine e Warren Beatty brilharam em Hollywood entre as décadas de 1950 e 1980. Vencedora do Oscar por Laços de Ternura (1983), Maclaine traz no currículo longas como O Terceiro Tiro (1955), Se Meu Apartamento Falasse (1960), Irma La Douce (1963), Os Abutres tem Fome (1970) e Muito Além do Jardim (1979). Ainda em plena atividade aos 80 anos, a atriz esteve no elenco de A Vida Secreta de Walter Mitty (2013) e no remake de Elsa e Fred (2014). Assim como Maclaine, Warren Beatty teve uma carreira laureada. A frente de longas como Clamor do Sexo (1961), Bonnie e Clayde (1967), Onde os Homens são Homens (1971), A Trama (1974), Dick Tracy (1990) e Bugsy (1991), o ator ganhou seu único Oscar em Reds (1981). Seu último grande trabalho foi Politicamente Incorreto (1998), e desde então o ator acabou se distanciando da sétima arte. Os dois irmãos nunca atuaram juntos e, em algumas entrevistas recentes, Maclaine deixou claro que os dois não tem um relacionamento muito próximo. 

Casos a parte!

- Alec Baldwin, Daniel Baldwin, Stephen Baldwin e William Baldwin.

                                William, Stephen, Alec e Daniel Baldwin

Não tinha como fazer uma lista sobre irmãos e esquecer este quarteto. Alec, Daniel, Stephen e William Baldwin são talvez o grupo de irmãos mais exitosos de Holllywood. Apesar de Alec Baldwin ser o mais reconhecido da família, os outros três também deram importantes colaborações para o cinema. Irmão mais velho da família, Alec Baldwin se mantém há três décadas como um dos mais talentosos nomes de Hollywood. Estrela de filmes como Os Fantasmas se Divertem (1988), Caçada ao Outubro Vermelho (1990), O Sucesso a qualquer Preço (1992), A Fuga (1994), A Jurada (1996), No Limte (1997), e mais recentemente Os Infiltrados (2006) e Blue Jasmine (2013), Alec se manteve em grande forma, mantendo o nome da família dentro dos principais holofotes de Hollywood. Segundo na fila, Daniel Baldwin tem talvez a carreira menos destaca dos quatro. Através de papeis menores, o ator conseguiu destaque em Face a Face com o Inimigo (1992), O Preço da Traição (1996), Vampiros de John Carpenter (1998), e Paparazzi (2004).


Com uma carreira mais celebrada, William Baldwin conseguiu destaque em Justiça Cega (1990). Se promovendo durante os anos 90, William emplacou na época longas como Linha Mortal (1990), Cortina de Fogo (1991) Invasão de Privacidade (1993), Atração Explosiva (1995) e Vírus (1999). Após alguns trabalhos de gosto duvidoso, William voltou a se destacar em 2005 com o independente A Lula e a Baleia. Desde então o ator passou a trabalhar com papeis menores e em filmes de menor investimento. Se voltando a TV, William conseguiu dar uma guinada em sua carreira através das séries, incluindo ai os trabalhos em Parenthood, Havai 5.0 e Dirty Sexy Money. Caçula da família Baldwin (1989), Stephen foi mais um a brilhar nos anos 90. Conseguindo um papel de destaque no clássico Nascido em 4 de Julho, o ator alcançou o sucesso com Três Formas de Amar (1994), 8 Segundos (1994), e principalmente, por Os Suspeitos (1995). Curiosamente após esse grande longa, Stephen não emplacou nenhum outro grande sucesso. Com papeis em filmes de ação e comédia de menor investimento, o ator só foi ter destaque na insossa continuação Os Flintstones em Viva Rock Vegas (2000).

- River Phoenix, Rain Phoenix, Joaquin Phoenix, Liberty Phoenix e Summer Phoenix

                          
                                          Joaquin e River

Essa foi mais uma família que acabou marcada pela morte precoce. Se hoje todos conhecem o talento do expressivo Joaquin Phoenix, na década de 1990 era o seu irmão River Phoenix o grande nome da família. Classificado como um dos mais promissores atores dos anos 1980, River construiu a curta carreira através de grandes trabalhos. Estrelando longas como Viagem ao Mundo dos Sonhos (1985), Conta Comigo (1986), Espiões sem Rosto (1988), O Peso de um Passado (1988) e Indiana Jones e a Última Cruzada (1989), o ator se tornou um dos grandes ídolos pop da década de 1980. Indicado ao Oscar por O Peso de um Passado, ele fez a transição para o cinema mais adulto em Garotos de Programa (1991). Atuando ao lado de Keanu Reeves, River teve um dos mais elogiados desempenhos de sua carreira, se tornando uma realidade em Hollywood. Essa transição, no entanto, acabou precocemente interrompida em 1993. Falecendo ao 23 anos, vítima de uma insuficiência cardíaca, River Phoenix deixou órfã uma geração de jovens que cresceu assistindo aos seus filmes. Antes disso, o ator mostrou o seu talento em Apostando no Amor (1991), Quebra de Sigilo (1992) e Um Sonho, dois Amores (1993). Pra se ter uma noção, a geração de fãs era tão grande que o cantor e compositor brasileiro Milton Nascimento compôs uma música chamada River Phoenix, em homenagem ao grande desempenho do ator no longa Conta Comigo.

                                          Joaquin ao lado de Summer, Rain e Liberty

Apesar da morte de River, o talento da família seguiu vivo nas mãos de Joaquin Phoenix. Quatro anos mais novo, ainda com nome Leaf Phoenix, o ator começou a ter destaque na aventura Space Camp (1986) e na comédia O Tiro que Não Saiu pela Culatra (1989). Após a precoce perda do irmão, o agora Joaquin Phoenix conseguiu grande destaque no drama Um Sonho sem Limites (1995). Dirigido por Gus Van Sant, e atuando ao lado de Casey Affleck, Nicole Kidman e Matt Dillon, Joaquin iniciou assim a sua grande caminhada ao estrelato. Indicado três vezes ao Oscar, Joaquin conquistou o seu espaço através de longas como Reviravolta (1997), Pela Vida de Um Amigo (1998), 8 MM (1999), Gladiador (2000), Sinais (2002), A Vila (2004), Johhny e June (2005) e Os Donos da Noite (2007). Sempre avesso aos holofotes, e ao status de estrela, Joaquin decidiu se afastar do cinema para inciar uma carreira musical. A carreira, porém, não foi muito longe e desde então o ator vive a sua melhor fase no cinema. De volta em 2012, Joaquin Phoenix só emplacou elogiadas atuações em O Mestre (2012), Era uma Vez em Nova Iorque (2013) e Ela (2013). Com bem menos destaque, as irmãs Summer, Liberty e Rain Phoenix também seguiram carreira no cinema e na música. Enquanto Summer se destacou em Tolerância Zero (2001), e Rain em Jogo de Intrigas (2001), Liberty não fez nada de muito expressivo.

Merecem Destaque

- John Cusack e Joan Cusack


Dois carismáticos e versáteis atores.

- James e Dave Franco



Promissores talentos da nova geração.

- Charlie Sheen e Emilio Estevez



Dois grandes nomes dos anos 1980 e 1990.

- Mary Kate, Ashley e Elizabeth Olsen




Enquanto Mary Kate e Ashley brilharam nos anos 90, Elizabeth Olsen desponta como um nome a ser observado.

- John e James Belushi 




Dois importantes nomes da comédia que brilharam em épocas diferentes. Com destaque para John Beluschi (Os Irmãos Cara de Pau, O Clube dos Cafajestes), até hoje considerado um exemplo para muitos comediantes. Infelizmente, foi mais um a nos deixar precocemente, aos 33 anos.

- Keenen Ivory, Shaw, Marlon e Damon Wayans


Eles podem não estar entre os grandes atores de Hollywood, mas já garantiram generosas doses de risadas. 

3 comentários:

PAULINHO disse...

Randy Quaid e Dennis Quaid

Anônimo disse...

THe Wayans brothers

thicarvalho disse...

Realmente são muitos nomes. Randy e Dennis Quaid quase entraram, assim como Virgina Madsen e Michael Madsen, Matt Dillon e Kevin Dillon, e Mark Wahlberg e Donnie Wahlberg. Valeu pelo comentários.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...