quarta-feira, 28 de maio de 2014

Cinco Filmes... (Tom Cruise)


Acumulando sucessos em sua carreira, o astro Tom Cruise volta as telonas neste fim de semana com o Sci-Fi No Limite do Amanhã. Contracenando com a bela Emily Blunt, Cruise vai interpretar um soldado que descobre estar preso no tempo, condenado a reviver um mesmo dia sempre que morto. Com a ajuda de uma oficial, ele acaba se tornando uma arma contra uma grande invasão alienígena no planeta Terra. Segundo longa de ficção científica consecutivo na carreira do ator, anteriormente ele protagonizou Oblivion, Tom Cruise vem mantendo uma das carreiras mais sólidas em Hollywood. Em meio as polêmicas envolvendo a sua crença na Cientologia, o ator de 51 anos já nos brindou com uma série de expressivos personagens, incluindo ai o agente secreto Ethan Hunt, de Missão Impossível, o piloto Maverick, de Top Gun, e o inesquecível empresário Jerry Maguire, de Jerry Maguire: A Grande Virada. Em meio a estes grandes personagens, Cruise esteve também em outros papéis memoráveis. Confira então no blog Cinemaniac, cinco longas estrelados por Tom Cruise que você precisa ver. 

- Colateral (2004)

E eu começo esta lista com um dos mais subestimados longas da carreira de Tom Cruise. Vivendo um excelente assassino profissional, Cruise tem uma das suas mais contidas atuações neste intenso trabalho dirigido por Michael Mann. Na trama, Foxx vive Max, um taxista que acaba sendo "sequestrado" pelo assassino Vicent. Obrigando o motorista a acompanha-lo durante uma noite, o assassino precisa matar cinco testemunhas chaves em um grande processo contra o narcotráfico. Sem dúvidas, um ponto fora da curva na carreira de Cruise, que se acostumou a interpretar o típico herói.

- Dias de Trovão (1990)


Voltando para a década de 1990 chegamos a Dias de Trovão, um dos melhores filmes já feito sobre o mundo da velocidade. Responsável por aproximar Tom Cruise e a agora ex-esposa Nicole Kidman, o longa dirigido por Tony Scott narra a história de Cole Trickle, um piloto de stock car com muito talento, mas sem o hábito de conseguir grandes vitórias. Com a ajuda de um grande chefe de equipe (Robert Duvall), Cole vê esse cenário mudar rapidamente, começando a trilhar o caminho dos bons resultados. Tudo muda, no entanto, quando Cole sofre um acidente nas pistas, que também envolveu o seu grande rival Rowdy Burns (Michael Rooker). No hospital, a dupla faz de tudo para voltar as corridas, mas enquanto isso um novo piloto surge para tomar os seus respectivos lugares de destaque. Filme que alçou, definitivamente, Tom Cruise para o estrelato. 

- Entrevista com Vampiro (1994)


Quatro anos mais tarde eis que surge o expressivo Entrevista com Vampiro, longa responsável por reunir os dois galãs da época: Tom Cruise e Brad Pitt. Dirigido por Neil Jordan, o longa narra a jornada de Louis (Brad Pitt), um homem desiludido após a morte de sua esposa durante o parto. Nesse processo de depressão, ele conhece o intenso Lestat (Tom Cruise), um vampiro 'bon vivant' que o introduz a esse obscuro sub-mundo. Explorando muito bem o carisma e o charme deste dois atores, Jordan nos brinda com um dos mais interessantes trabalhos dentro do universo vampiresco. 

- Rain Man (1988)

Contracenando com o grande Dustin Hoffman, Rain Man foi o primeiro grande trabalho a testar todo o talento de Tom Cruise. Ainda reconhecido como um "apenas" um ator promissor, graças aos bons desempenhos em Top Gun e o também recomendado Negócio Arriscado, Cruise tem o primeiro grande desempenho de sua carreira neste drama dirigido por Barry Levinson. Na trama Cruise vive Charlie, um jovem que viaja a um hospital psiquiátrico para tentar descobrir quem é o beneficiário da fortuna que seu pai deixou ao falecer. Lá ele descobre que o beneficiário é Raymond (Dustin Hoffman), um irmão mais velho autista de quem nunca tinha ouvido falar. Para tentar colocar a mão no dinheiro da herança, Charlie se aproxima de Raymond, na tentativa de brigar pela guarda legal do irmão. Com uma grande química entre Hoffman e Cruise, Rain Man é aquele tipo de trabalho que as novas gerações precisam conhecer.

- Nascido em 4 de Julho (1989)


E o melhor ficou para o final. Dirigido por Oliver Stone, Nascido em 4 de Julho é, na minha humilde opinião, o melhor trabalho em toda carreira de Tom Cruise. Explorando o tom político presente nos longas de Stone, Cruise se entrega de corpo e alma a essa incrível história sobre as desilusões envolvendo a Guerra do Vietnã. No longa, o ator é Ron Kovic, um entusiasmado soldado estadunidense, que acredita plenamente na ideologia norte-americana. Ferido na guerra do Vietnã, Ron acaba paraplégico e só ai começa a conhecer a  verdade por trás da política de seu país. Com uma impressionante evolução em cena, Tom Cruise nos apresenta uma atuação à altura desta impressionante história real, num dos mais precisos retratos envolvendo as mazelas da Guerra do Vietnã. 

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...