sábado, 25 de fevereiro de 2012

Favoritos Oscar 2012

É meus amigos leitores do Cinemaniac, amanha teremos mais uma aguardada cerimônia do Oscar. Apesar dessa safra não ser considerada a melhor dos últimos anos, sem dúvidas temos bons trabalhos em disputa e algumas categorias extremamente acirradas. Como aqui a gente não fica em cima do muro, vamos aos favoritos do Cinemaniac, começando por ...

Melhor filme



Dos selecionados apesar de gostar muito de A Invenção de Hugo Cabret, acredito que apenas três filmes estão na disputa: Histórias Cruzadas, O Artista e Os Descendentes. Três bons trabalhos, diga-se de passagem, que me agradaram muito nesta edição do Oscar. Deles, meu favorito é Histórias Cruzadas, um drama leve e surpreendente que acabou arrebatando milhões nos EUA. Sei que O Artista é o grande favorito, aliás, é um baita filme também, mas minha aposta fica no drama racial Histórias Cruzadas. Vale destaca também a ausência de bons filmes neste ano, como o ótimo Tudo pelo Poder, e o muito elogiado Drive.

Melhor ator



Categoria muito complicada, afinal temos 4 grandes interpretações em jogo. Se gostei de algo em O Espião que sabia demais, foi da ótima atuação de Oldman. Brad Pitt e Dujardin também tiveram excelentes atuações em seus respectivos trabalhos. Mas este, inegavelmente, é o ano de George Clooney. Apesar de Os Descendentes ser um ótimo filme, muito do frenesi criado em torno dele foi graças a atuação de Clooney. Por isso nada mais justo do que apostar nele como favorito.

Demián Bichir - "A better life"
George Clooney - "Os descendentes"
Jean Dujardin - "O artista"
Gary Oldman - "O espião que sabia demais"
Brad Pitt - "O homem que mudou o jogo"

Ator coadjuvante



Outra categoria com grandes nomes em jogo. Gostei muito do comediante Jonah Hill em Moneyball. Max Von Sidow também está ótimo em Tão Forte e Tão Perto. Mas dos cinco, o meu favorito é Nick Nolte pela sua tocante atuação em Warrior. Muito bem como o pai beberrão que quer reconquistar seus filhos, Nolte é um dos grandes acertos deste subestimado filme.

Kenneth Branagh - "Sete dias com Marilyn" (trailer ao lado)
Jonah Hill - "O homem que mudou o jogo"
Nick Nolte - "Warrior"
Max Von Sydow - "Tão forte e tão perto"
Christopher Plummer - "Beginners"

Melhor animação


Pra mim a melhor animação do ano chama-se As Aventuras de Tintim. Como inexplicavelmente ela ficou de fora, não tem como Rango perder essa. Até me diverti bastante com O Gato de Botas, mas no quesito animação é mais do menos. Em um ano escasso para o gênero, o trabalho de Gore Verbinski e Johnny Depp é criativo e merece esta estatueta.

"A Cat in Paris"
"Chico & Rita"
"Kung Fu Panda 2"
"Gato de Botas"
"Rango"

Melhor atriz


A categoria mais disputada do Oscar. Viola Davis e Meryll Streep vão fazer um daqueles duelo de entrar para a história da cerimonia. Mas apesar de ser muito fã de Streep, e da atuação dela ter sido irretocável como Margaret Tachter, minha aposta fica para Viola Davis. Uma interpretação única, emocionante, vibrante, empolgante. Pouco são os adjetivos para o personagem interpretado por ela. Por isso cravo minhas fichas em Viola Davis.

Glenn Close - "Albert Nobbs"
Viola Davis - "Histórias cruzadas"
Rooney Mara - "Os homens que não amavam as mulheres"
Meryl Streep - "A dama de ferro"
Michelle Williams -"Sete dias com Marilyn

Melhor atriz coadjuvante



Aqui é barbada. Apesar de Berénice Bejo estar muito bem em O Artista, essa estatueta é de Octavia Spencer. Qualquer resultado diferente, e a academia vai cometer uma das maiores injustiças de todos os tempos.

Octavia Spencer - "Histórias cruzadas"
Bérénice Bejo - "O artista"
Jessica Chastain - "Histórias cruzadas"
Janet McTeer - "Albert Nobbs"
Melissa McCarthy - "Missão madrinha de casamento"

Melhor roteiro original



Gosto muito do trabalho de O Artista. Acho um filme inventivo, original e extremamente contemporâneo, apesar do preto e branco e de ser mudo. Mas o roteiro assinado por Woody Allen em Meia Noite em Paris é encantador. Meu favorito.

"O artista"
"Missão madrinha de casamento"
"Margin Call"
"Meia-noite em Paris"
"A separação"

Trilha sonora original



Aqui tenho outro favorito único. Apesar da dobradinha John Willians, que merece apenas por Tintim, o trabalho de Ludovic Bource é inestimável para o Artista. Como todos sabem, no cinema mudo a trilha sonora tinha função principal e Bource tem como grande mérito o fato de manter esta tradição de belas trilhas. Um trabalho empolgante, que em muitas vezes, acaba virando protagonista no longa.

"As aventura de Tintim" - John Williams
"O Artista" - Ludovic Bource
"A invenção de Hugo Cabret" - Howard Shore
"O espião que sabia demais" - Alberto Iglesias
"Cavalo de guerra" - John Williams

Canção original



Acho que esse ano não precisava ter o premio de canção Original. Como a academia pede, meu favorito é Os Muppets. Me perdoe Sergio Mendes...

"Man or Muppet", de "Os Muppets", música e letra de Bret McKenzie
"Real in Rio", de "Rio", música de Sergio Mendes e Carlinhos Brown, letra de Siedah Garrett

Maquiagem



Outro aborto do Oscar deste ano. Como o filme sobre Edgar Hoover não está presente nesta categoria.... Dentre os três aposto em A Dama de Ferro, e todo o belo trabalho feito em Meryl Streep.

"Albert Nobbs"
"Harry Potter"
"A dama de ferro"

Direção de arte



Outra categoria complicada. Temos bons candidatos de estilos completamente diferentes. Mas neste quesito aposto em A Invenção de Hugo Cabret, um filme tecnicamente perfeito.

"O artista"
"Harry Potter"
"A invenção de Hugo Cabret"
"Meia-noite em Paris
"Cavalo de guerra"  

Fotografia


Nesta categoria o meu favorito, Meia Noite em Paris, não está presente. Então entre os cinco, fiquei na dúvida entre O Artista e A Arvore da Vida. Claro que a fotografia em preto e branco é algo incrível, e muito difícil de ser conseguido. Mas o trabalho em Arvore da vida é belíssimo e merece o meu favoritismo, também....

"O artista"
"Os homens que não amavam as mulheres"
"A invenção de Hugo Cabret"
"A árvore da vida"
"Cavalo de guerra"

Figurino



Todos os cinco trabalhos apresentaram um belo resultado nesta categoria. Mas pela dificuldade em recriar a época, e novamente pela fotografia em preto e branco, aposto em O Artista.

"Anonymous"
"O artista"
"A invenção de Hugo Cabret"
"Jane Eyre"
"W.E."

Diretor



Segunda categoria mais imprevisível. Cinco grandes diretores, em ótimos trabalhos. Apesar de admirar muito o trabalho de Scorsese em Hugo, acho que pela ousadia e, logicamente, o bom trabalho, Michel Hazanavicius merece levar essa por O artista.

Michel Hazanavicius - "O artista"
Alexander Payne - "Os descendentes"
Martin Scorsese - "A invenção de Hugo Cabret"
Woody Allen - "Meia-noite em Paris"
Terrence Malick - "A árvore da vida"

Documentário (longa-metragem)


Aqui não tive acesso a nenhum dos cinco trabalhos, portanto prefiro não arriscar.

"Hell and Back Again"
"If a Tree Falls: A Story of the Earth Liberation Front"
"Paradise Lost 3: Purgatory"
"Pina"
"Undefeated"

Documentário (curta-metragem)


O Mesmo do quesito acima. Sem chutes.

"The Barber of Birmingham: Foot Soldier of the Civil Rights Movement"
"God Is the Bigger Elvis"
"Incident in New Baghdad"
"Saving Face"
"The Tsunami and the Cherry Blossom"

Edição

Sem dúvidas O Artista, um filme cheio de ritmo, veloz e muito bem conduzido. Aliás, na minha visão, filmes de mais de duas horas não poderiam concorrer ao premio de melhor edição.

"O artista"
"Os descendentes"
"Os homens que não amavam as mulheres"
"A invenção de Hugo Cabret"
"O homem que mudou o jogo"

Melhor filme em língua estrangeira



Aqui deixo minha estranheza pelo ótimo A Pele que Habito ter ficado de fora. Sem o longa de Pedro Almodovar, e também o eficiente O Garoto da Bicicleta, as minhas apostas vão todas para A Separação, filme que já abocanhou o Globo de Ouro e deve seguir essa rotina no Oscar. Interessante, pois trata-se de um filme Iraniano.

"Bullhead" - Bélgica
"Footnote" - Israel
"In Darkness" - Polônia
"Monsieur Lazhar" - Canadá
"Separação" - Irã

Curta-metragem de animação

Infelizmente, não tive acesso a esses curtas. Por isso sem comentários. 

"Dimanche"
"The Fantastic Flying Books of Mr. Morris Lessmore"
"La Luna"
"A Morning Stroll"
"Wild Life"

Curta-metragem

O mesmo da categoria acima.

"Pentecost"
"Raju"
"The Shore"
"Time Freak"
"Tuba Atlantic"

Edição de som

Se uma coisa em que Michael Bay é bom são nos quesitos técnicos. E Transformers 3, apesar de não ser esse fiasco todo, é muito bom tecnicamente. Por isso é meu favorito. No entanto, pelo menos aqui, Drive ganhou uma menção honrosa.



"Drive"
"Os homens que não amavam as mulheres"
"A invenção de Hugo Cabret"
"Transformers: o lado oculto da lua"
"Cavalo de guerra"

Mixagem de som

Seguindo a linha de raciocínio acima, mais uma estatueta para Mr. Bay.

"Os homens que não amavam as mulheres"
"A invenção de Hugo Cabret"
"O homem que mudou o jogo"
"Transformers: o lado oculto da lua" 
"Cavalo de guerra"

Efeitos visuais



Vários bons filmes, que infelizmente só figuram nestas categorias técnicas. Apesar de tudo o que eu falei acima sobre Transformers, um filme que merece levar esta categoria é O Planeta dos Macacos. A reconstrução dos símios no longa é perfeita e o trabalho de Andy Serkis é mais uma vez irretocável. Acho que nem mesmo o brilhante 3-d de Scorsese tira a estatueta de O Planeta dos Macacos.

"Harry Potter"
"A invenção de Hugo Cabret"
"Gigantes de aço"
"Planeta do macacos"
"Transformers: o lado oculto da lua"

Roteiro adaptado



Outra categoria extremamente difícil. Dos cinco títulos, o mais difícil de ser adaptado foi sem dúvidas O Homem que Mudou o Jogo. Um belo trabalho. Gosto muito também de Tudo pelo Poder, um filme que poderia sim estar entre os melhores do ano. Mas de longe, o meu favorito é A Invenção de Hugo Cabret, que foi incrivelmente adaptado por John Logan.

"Os descendentes"
"A invenção de Hugo Cabret"
"Tudo pelo poder"
"O homem que mudou o jogo"
"O espião que sabia demais"

Bem pessoal essas são as minhas apostas. E as suas ??? Deixe aqui os seus comentários.

3 comentários:

Amanda Aouad disse...

É, nossa discordância maior está mesmo em História Cruzadas, hehe, mas é isso mesmo, não podemos concordar em tudo, só espero que hoje não seja o dia de Viola Davis. E Nick Nolte conseguiu algo incrível em Guerreiro mesmo.

bjs

thicarvalho disse...

kkkkkkkk Verdade. Resultado só por volta da meia noite.... bjs.

Tiago Britto disse...

Histórias Cruzadas realmente acho que vai ser você RS RS RS RS

Gostei de suas indicações! Apostas interessantes e como mesmo disse, bem parecido com os meus pitacos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...