quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

Cinemaniac Indica (Letra e Música)

Sinceramente, não consigo entender como um ator consegue sempre fazer o mesmo personagem de maneira tão interessante. Queria saber qual é a fórmula do ator Hugh Grant, que mesmo sendo repetitivo, consegue cativar o seu público e fazer filmes, no mínimo, agradáveis de se ver. Este é o caso de Letra e Música, comédia romântica musical, que se não tem nada de novo, tráz mais um ótimo trabalho do ator no gênero.

Assim como em Diário de Bridget Jones, Simplesmente Amor, O Grande Garoto, Mickey Olhos Azuis e Um Lugar Chamado Nothing Hill, Hugh Grant repete em personagens distintos, a mesma fórmula que tem representado sucesso em sua carreira. Seus personagens tem um humor criativo, personalidade forte, são agradáveis e sem dúvida, atrativos para o público. Mesmo que as pessoas o achem as vezes repetitivo, Hugh Grant tem o mérito de oferecer ao público aquilo que eles querem ver, com qualidade. E mais uma vez ele consegue êxito em Letra e Música. Além de Grant, Letra e Música tem outro grande diferencial que é a atuação de Drew Barrymore. Sempre brilhante e criativa, Barrymore faz uma ótima dupla com Grant, mostrando muita química, humor apurado e a beleza sempre cativante.

Mas na minha opinião, o grande diferencial de Letra e Música e a ótima e empolgante trama, principalmente para aqueles que curtem o mundo da música. Poucos filmes mostram tão bem os bastidores de um sucesso, como Letra e Música conseguiu. Destacando a decadente carreira de um cantor "POP", da década de 1980, o filme tem como grande êxito, a maneira de contar a história. Dirigido por Marc Lawrence (Presságio), Letra e Música mostra a dificuldade por trás de um ex- cantor de sucesso, mostrando a sua rotina de vida decadente e ao mesmo tempo o desejo de voltar às paradas musicais. Além disto, como o próprio título diz, o longa mostra os bastidores da composição musical, que sem dúvidas, foi muito bem passado para a telona.

Letra e Música conta a história de Alex Fletcher, um cantor que já teve dias melhores. Sua gravadora pede para que ele componha em alguns dias um grande sucesso que conquiste o público juvenil, apesar dele nunca ter composto a letra de nenhuma música em sua carreira. Ele recebe a ajuda da jovem Sophie (Drew Barrymore) para atingir seu objetivo.

Enfim, além de tudo escrito acima, o filme ainda tem boas participações musicais, incluindo os próprios Grant e Barrymore, que soltam a voz no filme. Letra e Música é aquela comédia leve e interessante, recomendada para quem curte o gênero e os apaixonados de plantão. Espero que todos gostem e se divirtam.

2 comentários:

Jardel Nunes disse...

Fui assistir a esse filme sem nenhuma pretenção e me impressionei muito. Só o video-clip do POP que abre o filme já vale o preço do ingresso ou a locação... é impagável hehehe... Adoro o filme e adoro o Hugh Grant..
Esses dias o filme estava passando na TV e eu ainda comentei com minha mulher: Nossa, como que o Hugh Grant faz sempre esse mesmo papel, com esse jeito de falar e se mecher em todos os filmes e mesmo assim é legal???
Agora vi que não é só eu que penso isso...

thicarvalho disse...

Q bom que temos a mesma impressão sobre o filme Jardel. Realmente, qnd eu assisti ao filme, fui da mesma maneira q vc falou, sem qualquer expectativa. E novamente gostei muito, assim como adorei Bridget Jones, Simplesmente amor, Tudo pela fama e muitos outros filmes dele. Valeu pela visita e grande abraço.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...