quinta-feira, 26 de novembro de 2009

Cinemaniac Indica (Os Fantasmas de Scrooge)

Fico muito feliz em ver a evolução que a animação vem alcançando nas últimas décadas. Hoje, quando esperava o início do filme Os Fanstamas de Scrooge, assisti ao trailer de A Princesa e o Sapo, longa que marca o retorno da Disney à animação em 2-D. Neste trailer, são mostrados trechos de outros grandes clássicos da animação em 2-D, como Alladin, A bela e a fera e O Rei Leão. Foi ao comparar estas animações, com aquela presente no filme Os Fantasmas de Scrooge, que pude perceber o quão grande e rápida é a evolução nestas técnicas. E um dos grandes responsáveis por toda este crescimento é o diretor Robert Zemeckis, que mais uma vez mostra um trabalho pioneiro em relação às técnicas de animação. Desde Uma Cilada para Roger Rabitt, primeiro filme Live Action a ter atores animados, à criação de O Expresso Polar, pioneiro na captura de movimentos, seus filmes sempre buscam novas possibilidades para a animação computadorizada. Até por isto, sem dúvidas, Os Fantasmas de Scrooge é o que há de melhor e mais avançado na animação computadorizada aual.

Em Os Fantasmas de Scrooge é visível o aperfeiçoamento das técnicas de captura de movimentos, presentes por exemplo, em A lenda de Bewoulf. Apesar da recriação digital dos atores ter sido fantástica em Bewoulf, ainda era nítido os problemas com as expressões dos atores e nos seus movimentos, que ainda não expressavam a realidade humana. Já em Scrooge, se estes problemas existem, estão quase que imperceptíveis, tamanho é a expressividade dos atores. Com relação ao visual do longa, Zemeckis recria uma espécie de Londres do início do século, de maneira sublime. Repleto de takes "voadores", como aqueles em que o personagem de Scrooge é conduzido pelos fantasmas, o filme se mostra de um cuidado estético incrível, que impressiona por sua fidelidade à realidade. Além disto, o clima dark presente no conto original é mantido na história, mostrando muitas ruelas, becos e locais escuros. Somado a isto, o capricho e criatividade na criação dos fantasmas mostram bem o êxito do filme.

Como se já não bastasse toda a experiência em volta da animação computadorizada, que vai conduzir o espectador por um aventura inesquecível, o filme tem outros recursos que o melhoram ainda mais. O primeiro é a já conhecida trama, que nas mão de Zemeckis, teve a sua melhor adaptação para o cinema. Baseada em um Conto de Natal, escrito por Charles Dickens, a história é conduzida de maneira fantástica e bastante dramática, o que pode afastar as crianças do cinema. Apesar de muitos ainda associarem a animação á filmes infantis, Zemeckis não pensa desta forma. Tanto que em Bewoulf, e mais ainda em Scrooge, o diretor carrega na dramaticidade da história, que em diversos momentos pode confundir a criançada. Além disto, o clima Dark impresso no visual da história, pode até mesmo assustar aos desavisados de plantão. Com esta opção, Zemeckis consegue fazer um filme inovador e ao mesmo tempo cativante, aliando técnicas inovadoras, a boa e velha trama de Dickens.

participação de da trama, já que grande parte do drama presente no filme é bastante ligado a ele. E o Além da especial trama, o filme ainda tem como ponto forte o excelente elenco, encabeçado pelo sempre criativo Jim Carrey. Apesar de alguns o acharem caricato, coisa que não concordo, Carrey foi a melhor escolha possível para interpretar Scrooge. Mesmo com a animação ajudando na caracterização, é impossível não perceber os trejeitos de Carrey tomando o corpo do velho Ebenezer Scrooge. Carrey atua também como os fantasmas do passado, presente e futuro, além de viver o velho Scrooge em diversas fazes da vida, recursos que só são possibilitados em função das novas técnicas de animação computadorizada. Somado a Carrey, o filme ainda tem a ótimaGary Oldman como o fiel ajudante de Scrooge. Oldman é parte importantissima do filme e não decepciona em momento algum. Mais baixo e velho que o comum, mesmo com estas diferenças físicas, percebemos todo o talento de Oldman no filme.

Os Fantasmas de Scrooge se passa na época de Natal e, como sempre, Ebenezer Scrooge (Jim Carrey) mantém seu desprezo pela data. Milionário e muito mesquinho, ele só pensa em dinheiro e não dá espaço para a emoção em seu coração, maltratando Bob Cratchit (Gary Oldman), seu fiel assistente, e ignorando seu sobrinho Fred (Colin Firth). Com a morte de seu sócio, Ebenezer recebe a visita de três fantasmas do Natal: do passado, do presente e do futuro. Cada um deles, levará o velho ranzinza para uma viagem que o ajudará a refletir melhor sobre sua vida passada e a escolha que fará para o futuro.

Enfim, Os Fantasmas de Scrooge é cinema da melhor qualidade. Um dos melhores filmes que assisiti neste ano. Repleto de grandes cenas, somadas ao cuidado estético Zemeckis, o filme nos mostra o que há de melhor na animação atual. Além disto, tem uma trilha sonora natalina belíssima ideal para este período. Espero que todos gostem e se emocionem, mais uma vez, com a história do amargurado velho Scrooge.

3 comentários:

Nekas disse...

Interessante o título brasileiro, quanto ao filme parece ser bastante cómico pois Jim Carrey interpreta várias personagens com o seu humor característico...

Abraço
http://nekascw.blogspot.com/

Ricardo Martins disse...

Este filme deve ser muuuiitooo bom mesmo!!! Adoro esta técnica de performance-capturação! A lenda de Beowulf é muito bom!!!

Quero ver os Fantasmas de Scrooge, Jim Carrey é fantástico! Interpretando tantos personagens! Acho que desde Desventuras em Série, este é o seu papel mais diferente em questões visuais!

Enfim, excelente sugestão de filme e Zemeckis arrasa no tipo de filme que só ele consegue realizar!!!

ABRAÇO

thicarvalho disse...

Nekas: O filme é muito bom, mas não tem quase humor assim estilo Jim carrey. As caras e bocas estão lá, mas não como de costume.

Ricardo: Sem dúvidas Zemeckis arrebenta. Veja sim q é um baita filme. Realmente Scrooge e Desventuras tem em comum o fato de Jim interpretar diversos personagens. O clima tb lembra um pouco, mas o visual de Scrooge é mais apurado. São dois ótimos filmes. Boa lembrança.

Abraço para os dois e voltem sempre !!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...