sexta-feira, 6 de março de 2009

Cinemaniac Indica (Operação Valkyria)

A segunda guerra mundial é um tema muito explorado pelo mundo do cinema. Porém isso não é por menos, tamanho foi a intensidade do conflito e a catástrofre ocasionada por ele, não só para os judeus, mas para todo o mundo. Até por isto, já vi ótimos filmes sobre este tema, péssimos também, mas confesso que ainda não tinha visto nenhum com história semelhante a Operação Valkyria.

Ao ler jornais, revistas e blogs especializados vi que as críticas não eram tão "favoraveis" ao filme. E até agora, confesso, não ter entendido os motivos destas criticas pesadas. Vejo que num primeiro momento os especialistas, em grande maioria diga-se de passagem, ainda torcem o nariz para Tom Cruise. Não consigo compreender algumas das críticas a atuação de Cruise, que não é nenhum Liam Nesson, em a Lista de Schindler, ou Roberto Benigne, em A vida é bela, mas passa longe de comprometer o filme. Pelo contrário, acho que Cruise foi a figura perfeita para interpretar o papel, tanto por sua qualidade, como pela semelhança física ao personagem original. Aliás, para aqueles que não sabem, Cruise lutou para fazer este filme, para mostar esta belíssima história, de um grupo de soldados nazistas que lutaram pelo povo alemão, ainda nos dias de hoje, injustiçado por causa de um homem.

Outro ponto que pode ter levado à algumas críticas é o fato do filme, que se passa em meio ao exército nazista, ser todo falado em inglês. Isso em até certo ponto eles, críticos, podem ter uma certa razão, já que a história seria melhor adaptada no seu idioma original. Porém, na arte existe a tal da "licensa poética", que se encaixaria muito bem neste caso, até porque com o idioma em alemão, o filme não traria os mesmos lucros aos estúdios, afinal todos sabem da repulsa aos filmes estrangeiros por lá.

Tirando por estes pontos acima, não consigo entender porque a exaltação ao filme, por parte da crítica, não aconteceu. Sucesso de público no Brasil, o longa conta a uma história que todos sabem como vai terminar, mas que em nenhum momento se torna chata ou previsível. Pelo contrário, passa a crença que algo ainda pode ser feito, mudado, e essa sensação só é possibilitada em função da ótima narrativa presente na trama. Diferente da grande maioria dos filmes de guerra, que extrapolam a barreira de 2 h e 30 min de duração, Operação Valkyria é rápido, eficiente e acima de tudo emocionante. Conta a história de forma simples, embora bastante detalhista, e este recurso acaba por atrair a atenção do público.

O longa conta a história, baseada em fatos reais, do coronel Claus von Stauffenberg (Tom Cruise) que retorna à Alemanha gravemente ferido, devido à uma batalha na África. Ao chegar ele se envolve em uma conspiração para acabar com o governo local, que tem por objetivo matar Adolph Hitler (David Bamber). O objetivo do grupo é pôr em prática a Operação Valquíria, um plano já existente que prevê a implementação de um governo que conduza a Alemanha após a morte de seu líder. Aos poucos o coronel Claus ganha destaque na organização, sendo encarregado para que cometa o assassinato de Hitler.

Como dito acima, vale a pena lembrar que esta história é veridica e que em função disto o filme ganha um valor ainda maior. É Claro que Operação Valkyria tem suas falhas, mas em nenhum momento deixa de ser um filme historicamente perfeito e agradável para todo o público. Por isto se torna uma ótima pedida para todos. Espero que gostem !!!!!


OBS: Olha como os dois são muito parecidos mesmo. Do lado esquerdo o retrato do original Claus e do lado direito, de Cruise caracterizado.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...