segunda-feira, 8 de dezembro de 2008

Cinemaniac Indica (Sob Fogo Cerrado)

Como sou um aluno de jornalismo, em nossas discussões na universidade, sempre comentamos sobre a ética na cobertura da imprensa. Quais são os limites ? Existe imparcialidade no jornalismo? São algumas das perguntas que todos nós temos, estudantes ou não. Porém, as respostas estão cada vez mais difíceis, uns afirmam o óbvio, outros nadam contra a corrente, mas ninguém entra em um consenso. Coincidentemente, tive acesso a um filme que trata muito bem sobre este tema e me ajudou a ter uma visão mais realista sobre estas dúvidas.

Em Sob Fogo Cerrado, a revolução popular na Nicarágua, semelhante a outras vividas em países da América Central, como Cuba, é observada sobre a óptica de três jornalistas de guerra, vividos por Nick Nolte, Gene Hackman e Joanna Cassidy. A princípio, este seria mais um conflito semelhante a muitos outros em todo o mundo, porém na ânsia de conseguir o "furo" de reportagem, um dos limites fundamentais no jornalismo não é respeitado: a Imparcialidade. Este tema, volto a frisar um dos mais discutidos dentro do jornalismo, é muito bem tratado pelo diretor Roger Spottiswoode, que consegue mostrar com uma visão humanizada a posição de um jornalista em meio a um conflito. Além da ótima direção, o filme conta com um elenco de peso, que mostra com veracidade a triste realidade de um confronto civíl.

O filme conta a história de Russell Price (Nolte) é um atirado fotógrafo de reportagens que se vê em um dilema entre seu amor pela repórter Claire Stryder (Joanna Cassidy) e sua amizade pelo marido dela, Alex Grazier (Hackman). Ele também é torturado pelas incertezas de que caminho seguir quando lhe pedem que tome partido, ao invés de apenas tirar fotos, na guerra entre o governo da Nicarágua e os rebeldes sandinistas. Mas quando perde de vista a objetividade e se envolve no conflito, Russell pode perder ambas as batalhas e sua vida, pois ele se vê Sob Fogo Cerrado de todos os lados.

Outro ponto de destaque no filme é a excelente trilha sonora, ganhadora do Oscar no ano de 1983, que realça as cenas e dita o ritmo de todo o filme. Bom espero que todos, assim como eu, tirem as suas próprias conclusões sobre o tema proposto, além de assistir a um ótimo filme que irá surpreender a muitos.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...