domingo, 28 de junho de 2015

Top 10 (Ladrões de cenas nas animações)


E neste final de semana chegou aos cinemas o adorável Minions (confira a nossa opinião), o derivado da elogiada animação Meu Malvado Favorito. Mostrando a origem das carismáticas criaturas amarelas, e a sua vocação para servir os maiores vilões da Terra, o longa é apenas mais uma das animações em que os coadjuvantes roubam completamente a cena, se tornando um grande sucesso dentro da indústria do entretenimento. Aproveitando a estreia do novo longa da Universal Studios e da Ilumination Entertainment, neste Top 10 Cinemaniac conheça alguns dos maiores e mais populares ladrões de cenas do cinema animado. E começamos com...

10º Rex - Toy Story (1995)


Inocente e brincalhão, Rex se tornou um dos personagens mais carismáticos e queridos da expressiva animação Toy Story (1995). Um dos amigos mais fieis do caubói Woody, o dinossauro verde fez muito sucesso junto à criançada, principalmente pelo seu jeito atrapalhado e afetuoso. Um dos personagens jogáveis no game Toy Story Racer, ele acabou estrelado ainda o curta da Pixar "Festa Sauro-Rex" e também fez uma inesperada participação nas cenas pós-créditos de Monstros S.A.

9º Olaf - Frozen (2013)



Um dos grandes destaques de Frozen - Uma Aventura Congelante, o fofo Olaf trouxe altas doses de humor para este estrondoso sucesso da animação. Um boneco de neve apaixonado pelo verão, este adorável personagem se tornou um dos grandes destaques do longa, roubando a cena com a sua inocência e a sua aparência cativante. Assim como as irmãs Anna e Elsa, Olaf se tornou um dos mais populares personagens da Disney na história recente, voltando a aparecer no curta-metragem Frozen - Febre Congelante. Méritos que, logicamente, precisam ser divididos com os dubladores Josh Gad, na versão original, e Fábio Porchat, na versão brasileira.

8º Rei Julian - Madagascar (2005)



Numa franquia recheada de cativantes coadjuvantes, o Rei Julian de Madagascar se tornou um dos grandes trunfos desta poderosa franquia da animação. Além de popularizar a canção "Eu me remexo muito", o autoritário e fanfarrão líder dos lêmures roubou completamente a cena no primeiro longa, se tornando um personagem recorrente dentro das duas outras sequências. E como se não bastasse isso, a Netflix produziu uma série animada de cinco episódios chamada "Saúdem todos o Rei Julian", que desde 2014 está disponível para os fãs deste extravagante personagem.

7º Scrat - A Era do Gelo (2002)



Um dos símbolos da bem sucedida franquia A Era do Gelo, o esquilo Scrat se tornou o grande chamariz da animação dirigida pelo brasileiro Carlos Saldanha e por Chris Wedge. Numa recorrente busca por sua tão estimada noz, este popular personagem não só marcou presença em todos os quatro longas da franquia, como também estrelou os curtas indicados ao Oscar A Aventura Perdida de Scrat (2003) e No Time for Nuts (2006).

6º Gato de Botas - Shrek 2 (2004)



Subvertendo alguns dos mais clássicos personagens infantis, a franquia Shrek se tornou um dos grandes representantes do gênero na primeira década deste novo século. Foi somente no espetacular Shrek 2 (2004), de longe o meu filme predileto na série, que nós conhecemos a versão latina e hilária do Gato de Botas. Contratado para por fim ao adorável Shrek, o gato logo se torna parte integrante da série, conquistando os fãs com o seu modo todo particular de convencimento. Em 2011, no entanto, ele é alçado a estrela do seu próprio filme com o divertido O Gato de Botas. Grande sucesso de público, com mais de US$ 550 milhões nas bilheterias internacionais, o longa comprovou a popularidade da versão deste clássico personagem de Charles Perrault.

5º Bing-Bong - Divertida Mente (2015)



Um dos melhores longas deste primeiro semestre, Divertida Mente possui tudo aquilo que um grande filme precisa ter. Em meio a genial premissa, a protagonistas absolutamente criativos e a um cuidado estético incrivelmente original, uma das principais surpresas do longa acaba ficando com o encantador Bing-Bong. Protegido pelo time de diretores da Pixar, que pouco falou sobre esse personagem durante a campanha de marketing, o elefante rosa que chora balas é um dos maiores acertos desta animação, roubando praticamente todas as cenas em que marca presença. Confira aqui a nossa opinião sobre Divertida Mente, o longa que marca a volta da Pixar a sua melhor forma.

4º Pinguins - Madagascar (2005)



Agindo como uma espécie de pelotão militar, o quarteto Capitão, Rico, Recruta e Kowalski roubaram completamente a cena dentro da franquia Madagascar. Colocando os planos mais mirabolantes em prática, os quatro viraram uma febre e participaram ativamente nas duas outras sequências do longa. O sucesso foi tanto que eles ganharam um série animada solo em 2008 e no ano passado o divertido longa Os Pinguins de Madagascar (confira a nossa opinião aqui). Mostrando a rivalidade do quarteto com um grupo de espiões chamado o Vento do Norte, o longa faturou US$ 373 milhões ao redor do mundo, comprovando a força deste carismático grupo.

3º Dory - Procurando Nemo (2003)



Um dos maiores sucessos da história da Pixar, Procurando Nemo nos apresentou a adorável e esquecida peixinha Dory. Com sérios problemas de memória recente, a peixe se torna uma das poucas a ajudar Marlin a achar o seu pequeno filho perdido na imensidão do oceano. Roubando a cena com o seu "baleies" e os bons conselhos, Dory foi um dos pilares para o sucesso deste longa, que faturou mais de US$ 930 milhões em todo mundo. Prova disso é que em 2016 chegará aos cinemas a animação Procurando Dory, um 'spin-off' envolvendo a peixinha e a busca por suas origens.

2º Gênio - Aladdin (1992)



Dublado, na versão original, pelo saudoso Robin Williams, o gênio da lâmpada tomou como num assalto as cenas no fantástico Aladdin. Um dos personagens mais carismáticos das animações Disney, eleito pela revista Empire como o número vinte entre os cinquenta mais populares do gênero, o gênio se destacou através de piadas fantásticas, divertidos números musicais e do seu nítido magnetismo. Prova disso é que o personagem ganhou ainda mais espaço em O Retorno do Jaffar (1994) e também na série animada voltada para a TV.

1º Timão e Pumba - O Rei Leão (1994)



Hakuna Matata é lindo dizer... No ritmo desta incrível canção, O Rei Leão nos apresentou aos incríveis e divertidíssimos amigos Timão e Pumba. Numa improvável parceria, que acaba salvando a vida do jovem Simba, a dupla roubou completamente a cena através de hilárias piadas e ótimos números musicais. Um dos maiores fenômenos de popularidade do gênero, Timão e Pumba ganharam uma série animada em 1995, se tornaram as grandes estrelas de O Rei Leão 3: Hakuna Matata (2004), e protagonizaram uma série de lançamentos em Home Video.

Vale destacar também:

- Madame Samovar, Zip, Lumiere, Horloge (A Bela e a Fera: 1991)



- Dug (Up - Altas Aventuras: 2009)


- Eggs\T-Rex mirim (A Era do Gelo 3: 2009)


- Pinóquio (Shrek 2: 2004)

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...