sábado, 24 de janeiro de 2015

Top 10 (Pais Heróis do Cinema de Ação)


Neste final de semana chegou aos cinemas o terceiro capítulo da franquia Busca Implacável, a volta do ator Liam Neeson ao personagem que abriu uma gigantesca porta dentro do cinema de ação. Interpretando novamente o agente Brian Mills, Neeson terá nesta continuação que provar não só a sua inocência, mas também impedir que a filha Kim (Maggie Grace) se torne alvo da policia de Los Angeles. Apesar do grande esforço de Mills em salvar sempre a sua filha, ele não é o único pai herói do cinema de ação. Aproveitando este gancho, neste Top 10 Cinemaniac vamos então lembrar algumas destas figuras paternas que fizeram de tudo para proteger os seus respectivos filhos. E começamos com...

10º John Cale (O Ataque - 2013)


O mais novo desta lista, O Ataque é um Duro de Matar que não deu muito certo. Apesar disso, John Cale merece estar nesta lista como um destes dez pais heróis. Após ter recusada a sua inscrição para se tornar um agente do governo norte-americano, este oficial vivido por Channing Tatum (Anjos da Lei) resolve levar a sua pequena filha (Joey King) para um passeio dentro da Casa Branca. O dia escolhido, no entanto, não foi dos melhores, já que um grupo de terroristas resolve sequestrar o presidente dos Estados Unidos (Jamie Foxx). John então que terá de lutar não só para resgatar a sua filha, como também para evitar que o presidente seja morto pelos terroristas liderados por Emil Stenz (Jason Clarke). Roteiro previsível, a velha patriotada norte-americana, mas Channing Tattum e Jamie Foxx formam uma dupla extremamente carismática. 

9º Kung Wei (O Justiceiro - 1995)




Dos EUA pra China, Kung Wei é um daqueles pais que faz de tudo para proteger o seu filho. Em O Justiceiro, o personagem vivido por Jet Li (Romeu tem que Morrer) vive um agente infiltrado numa gangue que acaba preso confundido com um dos bandidos. Após conseguir fugir, ele parte em busca do seu filho que vem sofrendo nas mãos do colega de escola e da nova família. Juntos novamente, os dois iniciam uma grande escapada com direito a kung-fu e muita correria. Uma parceria que realmente dá muito certo e rende sequências impagáveis, como na cena em que Jet Li usa o jovem como uma espécie de arma contra os criminosos. Vale o filme. 

8º John Q (Um Ato de Coragem - 2001)


Voltando aos EUA, John Q é um homem comum disposto a tudo para salvar o seu filho. Em Um Ato de Coragem, Denzel Washington nos apresenta a historia deste trabalhador que vê a sua rotina ruir quando o seu filho é diagnosticado com uma grave doença cardíaca. Sem condições de arcar com o transplante, John resolve tomar medidas extremas sequestrando todo o setor de emergência de um hospital. Tentando comover o Dr. Turner (James Woods) a realizar a cirurgia, John vê os seus planos ficarem abalados com a chegada de um chefe de policia (Ray Liotta) disposto a tudo para colocar fim a este sequestro. Um filme com menos ação, mas ainda assim bastante intenso. 

7º Big Daddy (Kick-Ass - 2008) e Cameron Poe (Con Air - 1997)


Aqui temos um ator, dois pais. Em Kick-Ass, Nicolas Cage dá vida a Big Daddy, um respeitado policial que acaba caindo no golpe de um grupo de mafiosos. Detido, ele vê a sua esposa ser morta e a sua filha (Chloe Moretz) ficar sozinha. Transtornado, este homem resolve iniciar uma grande vingança e passa a treinar a sua filha para virar uma assassina profissional. Assim, Big Daddy e Hit-Girl viram dois anti-heróis, justiceiros na luta contra os mafiosos locais. Na verdade, esta dupla é apenas um dos pontos altos deste divertidíssimo longa baseado nas histórias em quadrinhos. 


Já em Con Air, Cage vive Cameron Poe, um prisioneiro que no dia em que seria liberado acaba sendo transportado em um avião repleto de criminosos do pior nível. Apesar da segurança da aeronave, o grupo liderado por Cyrus (John Malkovic) resolve sequestrar o avião, colocando em risco a pequena filha de Cameron (Landry Allbright). Apresentando o "look" cabeludo de Nicolas Cage, Con Air tem os seus problemas, mas ainda assim é extremamente empolgante. Recheado de boas sequências de ação, o longa conta ainda John Malkovic e também com a trilha sonora de Aerosmith. 

6º John McLane (Duro de Matar 4.0 - 2007)


Depois de salvar a sua esposa e todo os EUA, John McLane teve que resgatar a sua filha em Duro de Matar 4.0. Na trama, um hacker resolve fazer um grande ataque terrorista em território norte-americano. Ele, no entanto, não contava que a sua missão iria ficar mais complicada quando John McLane se torna a última e unica defesa das forças norte-americanas. Principalmente quando sua filha (Mary Elizabeth Winstead) acaba também nas garras deste temido terrorista cibernético (Timothy Olyphant). Foi mexer com a filha do homem, fazer o que....  Não é o melhor filme da série, mas representou uma boa volta deste clássico herói do cinema de ação. 

5º Beto Pera (Os Incríveis - 2004)


Numa das mais empolgantes aventuras da Pixar, Os Incríveis nos apresentou ao carismático Bob Par, ou Beto Pera no Brasil. Um ex-super herói que resolveu levar uma vida de pai de família ao lado de sua esposa e filhos. Incomodado com a cansativa rotina, Beto resolve voltar aos velhos tempos e aceita a uma missão em uma pequena ilha. Lá, no entanto, ele sofre uma emboscada e acaba atacado por Síndrome, um super vilão que no passado sonhava em ser herói. Acreditando que havia eliminado o Sr. Incrível, ele parte para cidade com a intenção de aniquilar todos os outros heróis, incluindo a esposa e os filhos de Beto. Última alternativa contra o vilão, este pai volta a ser um super-herói para evitar que a sua família seja eliminada.

4º Benjamin Martin (O Patriota - 2000) e Tom Mullen (O Preço de um Resgate - 1996)




Mais uma dose dupla, desta vez protagonizada por Mel Gibson. Começamos com O Patriota, onde o ator vive Benjamin Martin, um respeitado soldado que se afasta da guerra contra os ingleses para cuidar da família. Ele, no entanto, não esperava que a guerra viesse até ele, matando um de seus filhos e incendiando a sua casa. Transtornado, Benjamin acaba sozinho destruindo um destacamento do exército inglês, se tornando o símbolo de resistência dos norte-americanos. Para proteger os seus outros filhos, Benjamin resolve então entrar na guerra e caçar o homem (Jason Isaacs) que foi responsável pela morte do seu filho. Um dos bons trabalhos de Mel Gibson antes de se meter em uma série de polêmicas e se concentrar no trabalho como diretor. 


Já em O Preço de Um Resgate, Mel Gibson dá vida a Tom Mullen, um homem que opta pelo caminho mais difícil quando o seu filho (Brawley Nolte) é sequestrado. Apesar de ser um empresário de sucesso e de ter o dinheiro para o resgate, Tom decide pagar para aquele que trouxesse a cabeça dos sequestradores. Indo contra as intenções de sua esposa (Rene Russo) e da policia, este pai de família inicia uma caçada sem precedentes atrás daquele roubou o seu bem mais precioso. Por mais que não seja um filme explicitamente de ação, a aura 'bad-ass' de Tom merece marcar presença nesta lista.

3º Harry Tasker (True Lies - 1994)


Num dos filmes mais divertidos desta lista, Harry Tasker é um pai que guarda certos segredos. Apesar de sempre presente na rotina familiar, Harry é um graduado agente secreto que acredita que a sua esposa está o traindo. Utilizando de sua profissão para investigar as atitudes da mulher, ele acaba colocando a vida da família em risco quando se depara com uma verdadeira ação terrorista. Fazendo de tudo para manter a sua mulher e filha salvas, Harry ira formar o popular exército de um homem só contra terroristas árabes. Um longa explosivo e altamente empolgante, impulsionado não só pelo talento do diretor James Cameron, mas também pelo talento da dupla da desinibida Jamie Lee Curtis e Arnold Schwarzenegger. 

2º Jaguar Paw (Apocalypto - 2006)


Com aparência de filme épico, Apocalypto é um longa de ação pra ninguém colocar defeito. Dirigido por Mel Gibson, o longa nos apresenta o veloz Jaguar Paw (Rudy Youngblood), um nativo de uma pacata tribo que vê a sua vida mudar quando a aldeia é atacada por homens de um império decadente. Acreditando que o sacrifício poderia saciar a fome dos deuses e trazer prosperidade a este império, o líder deste grupo resolve caçar e sequestrar pessoas em tribos que viviam nesta região. Durante um destes ataques, Jaguar consegue esconder a sua mulher e o pequeno filho em uma caverna, mas acaba preso por estes homens. Ciente que os dois estavam em perigo, já que só com ajuda externa eles conseguiriam escapar do buraco, Jaguar incia uma luta contra o tempo para conseguir não só escapar, como também salvar sua esposa e filho. Um grande pai, num longa extremamente subestimado. 

1º Presidente James Marshall (Força Aérea Um - 1997)


E chegamos ao nosso primeiro lugar com Harrison Ford dando vida ao presidente dos EUA James Marshall em Força Aérea Um. Na trama, durante uma viagem diplomática a Rússia, o presidente norte-americano declarou ser completamente contra a qualquer tipo de cessão a exigências terroristas. Durante o voo de volta para casa, no entanto, o Força Aérea Um é sequestrado por um grupo de partidários de um ditador do Cazaquistão preso nos EUA. Liderados por Egor Korshunov (Gary Oldman), o grupo exige que o presidente solte o "político" em troca da liberdade de sua família. Seguindo a risca seu discurso, James resolve então lutar com as próprias mãos e se torna a única esperança de toda sua família. 

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...