segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

Globo de Ouro consagra O Artista, Meryl Streep e George Clooney como os melhores de 2011


Foi realizada na noite deste domingo, em Los Angeles, a edição número 69 do Globo de Ouro, uma das principais premiações do cinema mundial e uma das prévias mais esperadas do Oscar. Em cerimônia marcada pelo alto nível das produções, a associação de imprensa estrangeira de Hollywood consagrou O Artista  como grande vencedor da noite, ganhando nas categorias Melhor Filme ou Comédia Musical, Melhor Ator, para Jean Dujardin e Melhor Trilha Sonora. Quem também obteve destaque foi Os Descendentes, drama estrelado por George Clooney, que venceu nas categorias Melhor Filme de Drama e Melhor Ator Dramático, para Clooney.

Com apresentação do sarcástico Rick Gervais (The Office), esta edição do Globo de Ouro acabou por premiar outros grandes nomes do cinema, como Meryl Streep, pela atuação no drama A Dama de Ferro, Martin Scorsese, como Melhor Diretor em A Invenção de Hugo Cabaret,  Woody Allen, por roteiro em Meia Noite em Paris, e Steven Spielberg pela animação As Aventuras de Tintim. Por outro lado, as decepções da noite ficaram para  os elogiados O Homem que Mudou o Jogo, drama estrelado por Brad Pitt, e Tudo pelo Poder, suspense dirigido por Clooney, que acabaram não levando estatuetas. Vale destacar ainda os prêmios de Melhor Atriz Coadjuvante, para a ótima Octavia Spencer no ainda inédito Histórias Cruzadas, e Michelle Williams, que finalmente teve o seu trabalho reconhecido por "Sete Dias com Marilyn"

Apesar do equilíbrio na premiação, um dos momentos mais marcantes da noite ficou pela entrega do prêmio Cecile B Demille, pelo conjunto da obra, ao ator Morgam Freeman. Contando com a presença de Sidney Poitier (Ao Mestre com Carinho) e Helen Mirren (A Rainha), Freeman se mostrou verdadeiramente emocionado com a premiação, sendo aplaudido de pé por todos os presentes no evento. Confira a lista com todos os vencedores desta edição do Globo de Ouro.

Melhor filme - drama

"O Homem que Mudou o Jogo"
"A Invenção de Hugo Cabret"
"Os Descendentes"
"Histórias Cruzadas"
"Cavalo de Guerra"
"Tudo Pelo Poder"

Melhor filme - comédia ou musical

"Meia-Noite em Paris"
"50/50"
"The Artist"
"Missão Madrinha de Casamento"
"Sete Dias com Marilyn"

Melhor animação

"Rango"
"Operação Presente"
"Gato de Botas"
"Carros 2"
"As Aventuras de Tintim: O Segredo do Licorne"

Melhor diretor


George Clooney, "Tudo Pelo Poder"
Woody Allen, "Meia-Noite em Paris"
Michel Hazanavicius, "The Artist"
Alexander Payne, "Os Descendentes"
Martin Scorsese, "A Invenção de Hugo Cabret"

Melhor roteiro

"Meia-Noite em Paris"
"The Artist"
"O Homem que Mudou o Jogo"
"Tudo Pelo Poder"
"Os Descendentes"

Melhor ator - drama

Brad Pitt, "O Homem que Mudou o Jogo"
Leonardo DiCaprio, "J. Edgar"
George Clooney, "Os Descendentes"
Michael Fassbender, "Shame"
Ryan Gosling, "Tudo Pelo Poder"

Melhor ator - comédia ou musical

Jean Dujardin, "The Artist"
Brendan Gleeson, "O Guarda"
Joseph Gordon-Levitt, "50/50"
Ryan Gosling, "Amor a Toda Prova"
Owen Wilson, "Meia-Noite em Paris"

Melhor atriz - drama

Meryl Streep, "A Dama de Ferro"
Tilda Swinton, "Precisamos Falar Sobre o Kevin"
Rooney Mara, "Os Homens que Não Amavam as Mulheres"
Glenn Close, "Albert Nobbs"
Viola Davis, "Histórias Cruzadas"

Melhor atriz - comédia ou musical

Jodie Foster, "Carnage"
Charlize Theron, "Jovens Adultos"
Kristen Wiig, "Missão Madrinha de Casamento"
Michelle Williams, "Sete Dias com Marilyn"
Kate Winslet, "Carnage"

Melhor ator coadjuvante

Albert Brooks, "Drive"
Kenneth Branagh, "Sete Dias com Marilyn"
Jonah Hill, "O Homem que Mudou o Jogo"
Viggo Mortensen, "Um Método Perigoso"
Christopher Plummer, "Toda Forma de Amor"


Melhor atriz coadjuvante

Janet McTeer, "Albert Nobbs"
Jessica Chastain, "Coriolanus"
Octavia Spencer, "Histórias Cruzadas"
Shailene Woodley, "Os Descendentes"
Berenice Bejo, "The Artist"

Melhor filme em língua estrangeira

"A Pele que Habito", Pedro Almodóvar (Espanha)
"The Flowers of War", Zhang Yimou (China)
"In the Land of Blood of Honey", de Angelina Jolie (EUA)
"O Garoto da Bicicleta", Jean-Pierre e Luc Dardenne (Bélgica)
"A Separation", Asghar Farhadi (irã)

Melhor canção original

"Hello Hello", de "Gnomeo e Julieta"
"The Keeper", de "Redenção"
"Lay My Head Down", de "Albert Nobbs"
"The Living Proof", de "Histórias Cruzadas"
"Masterpiece", de W.E.- O romance do século"

Melhor trilha sonora

Ludovic Bource, "The Artist"
Abel Korzeniowski, "W.E.- O romance do século"
Trent Reznor e Atticus Ross, "Os Homens que Não Amava as Mulheres"
Howard Shore, "A Invenção de Hugo Cabret"
John Williams, "Cavalo de Guerra"

Fotos: Site oficial Globo de Ouro

2 comentários:

Alan Raspante disse...

Fiquei feliz com a vitória da Meryl Streep! rs

thicarvalho disse...

Confesso que queria ver Viola Davis como melhor. Mas Meryl é Meryl. Abs.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...