quinta-feira, 19 de novembro de 2009

Especial Lua Nova

Nesta sexta feira chegam aos cinemas de todo o Brasil Lua Nova, a continuação da Saga Crepúsculo. Sem dúvida, o filme mais esperado de 2009, Lua Nova já chega ao cinema com grandes bilheterias. Contando a história de vampiros Teen, baseado nos best-sellers de Stephenie Meyer, o filme segue a história do primeiro filme, mostrando a relação de amor entre a humana Bella e o vampiro Edward. Após quase ser morta por vamipros "rivais", o filme se inicia a partir do aniversário de Bella onde um pequeno acidente, ela quase é atacada por um dos Cullen. Com medo do que pode acontecer com sua amada se eles ficarem juntos, Edward decide ir embora. Entra em cena Jacob, que ajuda Bella a recuperar a vontade de viver. Como bem diz a sinopse, Lua Nova vai começar a montar o triângulo amoroso entre Bella, Edward e Jacob. Diferente do primeiro filme, sobre o qual escrevo abaixo, acontece uma troca na direção. Sai a inexpressiva Catherine Hardwicke e entra Chris Weitz, do bom A Bussola de Ouro. O elenco continua o mesmo e conta com a entrada da ótima Dakotta Fanning para este segundo filme. Assista abaixo ao trailer legendado de Lua Nova.



Na verdade espero que a mudança na direção faça melhor ao filme Lua Nova, já que Crepúsculo, apesar de não ser tão ruim quanto eu pensava não traz nada de novo. Aliás, se o filme traz novidades é na abordagem sobre a mitologia vampiresca. Segundo o que pude apurar, a escritora Stephenie Meyer fez uma versão sobre a história dos vampiros. Até por isto, sob o seu ponto de vista, os vampiros podem andar sobre a luz do dia, tem diversos super-poderes e em vez de virar pó, sob a luz solar, começam a brilhar tipo porpurina. Apesar destas criações da escritora, nada disso atrapalha mais o primeiro filme do que o andamento da trama. A primeira uma hora passa devagar, sem muitas novidades, em um ritmo lento que cansa os "não fãs da série". Ideal para as pré-adolescentes, esta primeira parte se resume a rostinhos bonitos e a aproximação do casal Bella e Edward. Já a segunda metade, melhora bastante. O filme começa a se desenrolar de maneira até interessante, mas em função do ritmo lento da primeira metade, tem de correr na parte final, não aproveitando o que o filme poderia ter de melhor. Com efeitos especiais burocráticos, Crepúsculo não é um grande filme, e não repete o êxito de franquias de sucesso como Harry Potter e O Senhor dos Aneis. Porém, atinge em cheio as expectativas do seu público, que está interessada nas histórias de amor dos personagens da escritora. Espero que Lua Nova seja melhor.

Um comentário:

Nekas disse...

Já tenho os bilhetes para o dia de estreia que cá em Portugal é a 26 de Novembro...

Abraço
http://nekascw.blogspot.com/

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...