sexta-feira, 10 de outubro de 2008

Novidades (Festival do Rio)

Por uma semana o Rio de Janeiro foi a capital do cinema nacional, graças ao Festival do Rio que chegou ao fim na última quinta feira. A décima edição do festival de cinema, mais uma vez revelou grandes filmes, e outros nem tanto, que chegarão ao circuito nacional nos próximos meses. E para coroar o fim do Festival, foram elegidos os melhores filmes, diretores e atores, pelo Juri popular e também por um Juri especializado. E a grande surpresa do festival deste ano é o longa Apenas o Fim, do diretor Matheus Souza, que foi eleito pelo Juri Popular como o melhor filme. O filme é um projeto de alunos do curso de cinema da PUC-Rio. Inteiramente gravado em HD (alta definição) e recheado de referências pop, é também o primeiro longa-metragem criado por lá. Além de Apenas o fim , diversos outros filmes e personalidades também ganharam prêmios. Confira abaixo a lista completa.

VOTO POPULAR
Melhor Longa ficção: Apenas o Fim, de Matheus Souza
Melhor longa documentário: Loki - Arnaldo Baptista, de Paulo Henrique Fontenelle

Melhor Curta: Urubus têm asas, de André Rangel e Marcos Negrão

JÚRI OFICIAL - Presidido por Wieland Speck e composto Camila Pitanga, Jorge Duran e Lita Stantic
Melhor longa-metragem de ficção: Se nada mais der certo, de José Eduardo Belmonte

Melhor longa-metragem documentário: Estrada real da cachaça, de Pedro Urano

Melhor direção ficção: Matheus Nachtergaele (A festa da menina morta)

Melhor direção documentário: Helena Solberg (Palavra (En)cantada)

Melhor ator: Daniel de Oliveira (A festa da menina morta)

Melhor atriz: Caroline Abras (Se nada mais der certo)

Melhor curta de ficção: Blackout, de Daniel Rezende

Melhor curta documentário: 69 - Praça da Luz, de Carolina Markowicz, Joana Galvão

Prêmio especial do júri: Jards Macalé - Um morcego na porta principal, de Marco Abujamra, co-direção de João Pimentel

Menção honrosa: Apenas o Fim, de Matheus Souza


Prêmio FIPRESCI - Júri da Federação Internacional da Imprensa
A Mulher Sem Cabeça, de Lucrecia Martel

Prêmio melhor filme da Mostra Geração - Somos todos diferentes (Taare Zameen Par), de Aamin Khan - Juri Popular

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...