sábado, 20 de setembro de 2008

Cinemaniac Indica (Flyboys)

Já que durante a semana falei muito sobre filmes de guerra, nada melhor do que encerrar a semana indicando mais um filme de guerra. Flyboys é um ótimo filme, cheio de ação, que se passa durante a primeira guerra mundial. O filme conta com uma ótima história e também com ótimas cenas de perseguição aérea, que vão tirar o folego dos espectadores.

Flyboys se passa em 1916, dois anos após o início da 1ª Guerra Mundial. Milhões de pessoas já morreram e as forças aliadas, compostas por França e Inglaterra, seguem em uma luta inativa nas trincheiras contra as tropas alemãs. Os Estados Unidos seguem sua posição de neutralidade, o que não impede que alguns americanos partam para a Europa para ajudar como motoristas voluntários de ambulância ou integrantes da Legião Estrangeira da França. Um deles é Blaine Rawlings (James Franco), um texano que foi expulso do rancho de sua família e que idealiza uma vida de herói pilotando aviões. Ele logo se une a Higgins (Christien Anholt), um recruta da Legião Estrangeira que é transferido; William Jensen (Philip Winchester), que se alistou para seguir a tradição da família; Briggs Lowry (Tyler Labine), que se alistou devido à pressão do pai; Eddie Beagle (David Ellison), que deseja fugir de seu passado; Eugene Skinner (Abdul Salis), que deseja defender a França devido ao país ter sido tolerante ao permitir que se tornasse campeão de boxe; e Reed Cassidy (Martin Henderson), um piloto de guerra veterano. Sob o comando do capitão Georges Thenault (Jean Reno), os pilotos franceses realizam um rigoroso treinamento com os americanos, de forma que eles possam integrar a Esquadrilha Lafayette, o 1º esquadrão de pilotos americanos a lutar na 1ª Guerra Mundial.

Com um bom elenco, e ótimas cenas, este filme se torna uma ótima pedida e um dos melhores do gênero. Dirigido por Tony Bill, o longa tem efeitos especiais espetaculares, proporcionando embates aéreos pouco vistos na história do cinema. É realmente impressionante a qualidade das cenas, os detalhes e as tomadas aéreas de todas as cenas filmadas no ar. Além de tudo isto, o longa não peca na trama, que ao longo das quase 2h e 20, se mantem atrativa e fiel a história da esquadrilha Lafayette. Em uma época em que os pilotos eram os mais ousados e loucos por voarem em máquinas assassinas, o filme destaca a nobre importância desta esquadrilha durante a 1ª Guerra Mundial. Não deixe de assistir.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...