quarta-feira, 10 de junho de 2015

Grande aposta da Disney, Tomorrowland decepciona nas bilheterias norte-americanas


Segunda maior abertura deste final de semana no Brasil, com R$ 4,9 milhões nos três primeiros dias em cartaz, Tomorrowland - Um Lugar onde Nada é Impossível vem decepcionando nas bilheterias norte-americanas. Levantando uma bandeira extremamente otimista, que reproduz o vislumbre de futuro idealizador por Walt Disney, o longa dirigido pelo ótimo Brad Bird (Os Incríveis, Gigante de Ferro, Missão Impossível - Protocolo Fantasma) definitivamente não conquistou o grande público dos EUA. Há quase quatro semanas em cartaz por lá, a aventura Sci-Fi de US$ 190 milhões de orçamento faturou - até o momento - frustrantes US$ 79 milhões na terra do Tio Sam. Contando com uma campanha de marketing pesada, que segundo o site The Hollywood Reporter custou mais US$ 150 milhões ao estúdio, Tomorrowland parece ter esbarrado nas misteriosas prévias, que fugindo do lugar comum optaram por proteger os segredos em torno desta inocente premissa, não determinando qual seria o seu público alvo. Recebido de maneira morna pela crítica internacional, o filme tem 50% de aprovação no Rotten Tomatoes e 60% no Metacritic, a impressão que fica é que o longa se mostra elaborado demais para o público mais jovem, e excessivamente ingênuo para os adultos de plantão, dificultando a identificação por parte do espectador.


Somado a isso, Tomorrowland estreou dividindo espaço com o espetacular Mad Max - Estrada da Fúria e com o popular A Escolha Perfeita 2, e teve que enfrentar ainda o sucesso de público Vingadores - A Era de Ultron, que já ultrapassou a barreira do US$ 1,3 bi nas bilheterias internacionais. Sem dúvida alguma um agente complicador, que acabou reduzindo o impacto de sua estreia em solo americano. Vale destacar que nos mercados internacionais a aventura da Disney também não vem tendo um grande resultado. Ainda em cartaz nas principais praças, o longa estrelado por George Clooney e Britt Robertson já conseguiu US$ 93 milhões, somando parciais US$ 172 milhões ao redor do mundo. O fato é que apesar do decepcionante desempenho junto ao público, Um Lugar onde Nada é Impossível se revela uma aventura digna do padrão Disney, nadando contra a corrente ao apostar não só num visual impecável, mas também numa visão de futuro recheada de esperança e de interessantes reflexões. Confira a nossa opinião sobre Tomorrowland, a arriscada tentativa da Disney em promover uma ode aos ideais otimistas defendidos pelo próprio Walt Disney e por grande parte das mais icônicas produções do estúdio.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...