sábado, 19 de dezembro de 2009

Cinemaniac Indica (Lua Nova)

A Saga Crepúsculo é um dos filmes mais superestimados dos últimos anos. Diferente de algumas adaptações literárias de muito sucesso, como Harry Potter, As Cronicas de Nárnia e Senhor dos Anéis, Crepúsculo não tem uma história tão envolvente ou criativa. Mas possui um grande apelo junto ao público, principalmente, com os adolescentes. Até por isto o filme obteve grande sucesso em todo mundo, arrastando multidões aos cinemas. Porém, os recordes de bilheteria de Lua Nova acabaram criando um movimento anti-Crepúsculo, que, na minha opinião, teve até razão de existir com o primeiro filme, mas não com Lua Nova.

O motivo deste movimento é simples. No meio de tantos excelentes filmes, uma despretensiosa e porque não clichê, história de romance acabou conquistando o público. Realmente, Crepúsculo não foi um bom filme, mas as mudanças no elenco e principalmente na direção, fizeram de Lua Nova algo bem mais atrativo. Diferente do primeiro filme, que passa arrastado e pouco interessante, Lua Nova tem uma narrativa mais bem construída, dentro de suas claras limitações do enredo. Se Crepúsculo baseou apenas no 'sex-apeal' do casal Kristen Stewart e Robert Pattinson, em Lua Nova começamos a ver indícios de uma trama, que pode evoluir bastante nos próximos filmes. Principalmente com a entrada de ótimos atores, como o versátil Michael Sheen e a excelente Dakota Fanning, que mesmo com a pequena participação em Lua Nova, já chamam a atenção.

Por falar em elenco, comparado com Crepúsculo, Lua Nova teve algumas melhorias. A direção de Chris Weitz deixou mais a vontade o elenco, e as interpretações foram melhor trabalhadas. Apesar do roteiro limitado, e das milhares de frases clichês, o elenco consegue passar credibilidade na trama, por mais absurda que ela pareça. Kristen Stewart, Robert Pattinson e Taylor Lautner mantêm as consistentes atuações. Além deles a atriz Ashley Green, uma das melhores do filme, Peter Faccineli, na pele do Dr Cullen e Billy Burke, o pai de Bella, vão muito bem e preenchem os espaços vazios da trama com intensidade.

Porém, o que melhorou mais em Lua Nova foram os efeitos visuais e a fotografia. Diferente dos fracos efeitos de Crepúsculo, em Lua Nova a situação é bem melhor trabalhada. Tanto as cenas com os vampiros, como as transformações dos Lobisomens são muito bem realizadas, e sem dúvida é a parte mais interessante do filme. Já a fotografia, que já foi boa no primeiro filme, teve grande melhora. O clima frio do primeiro filme é mantido, mas contrasta com uma parte final vibrante e colorida, em algum lugar da Europa.

Lua Nova conta a história de amor entre a jovem Bella e o vampiro Edward. Após um acidente, diga-se de passagem bem fajuto, Edward comprova que o seu relacionamento com Bella não dará certo e decide abandonar seu grande amor. Na ausência dele, Bella começa um romance com seu amigo Jacob, mas não sabe que por trás deste novo afair uma série de problemas poderiam acontecer.

Enfim, apesar de Lua Nova não ser um grande filme, seria injustiça minha critica-lo e compara-lo com Crepúsculo. Sem dúvidas o longa tem todos os pré-requisitos para uma boa diversão, principalmente, para aqueles que não esperam muita coisa dele. Continuo achando Lua Nova um filme superestimado, mas começo a ver um possível bom futuro da franquia. Vamos aguardar os próximos capítulos.

3 comentários:

Nekas disse...

Eu gostei do filme, é um guilty pleasure na minha opinião...

Abraço
http://nekascw.blogspot.com/

Hugo disse...

Eu procuro não criar uma opinião antes de assistir, mas acredito que o marketing excessivo gera este tipo de reação negativa.
Ainda pretendo assistir os dois longas.

Abraço

thicarvalho disse...

Nekas eu concordo plenamente contigo. Tu definiu bem o q representou o Lua Nova. Qnt a opinião Hugo, realmente éo mais certo a se fazer, mas vc assisitndo ao primeiro filme, fica a impressão qa série não pode oferecer mta coisa para o espectador. Já Lua Nova deixa uma impressão bem amis positiva. Veja sim e tire suas conclusões. Grande abraço para os dois e um ótimo Natal. Voltem sempre.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...