quarta-feira, 17 de dezembro de 2008

Cinemaniac Indica (Madagascar 2)

O gênero animação vem conseguindo atingir um padrão de qualidade até então impensável. Filmes, que até alguns anos atrás eram estritamente infantis, hoje apesar de assumirem a forma de animação, já se revelam como um boa diversão para toda a família. E este é o caso de Madagascar 2. Com personagens irônico e divertidos, uma trama que prepara bem o terreno para estes personagens e cenários de extrema realidade visual, Madagascar 2 se torna uma ótima pedida não só para as crianças, mas até mais para os adultos.

É incrível dizer isto, já que na sessão em que eu assiti o filme a sala estava repleta de crianças acompanhados de seus pais, mas pela minha percepção, o filme acabou provocando mais risadas nos próprios adultos do que nas criancinhas. Isto não quer dizer que as crianças não tenham gostado, pelo contrário, já que são elas o público do filme, mas os adultos também não tem motivos para reclamar.

Um dos motivos que possam explicar este argumento, é o sarcasmo e ao mesmo tempo a criatividade nas construções dos personagens e no humor de cada um deles. Por incrível que pareça, o personagem menos criativo é o principal, o leão Alex. Madagascar 2 constroi uma trama principal, perfeita para as crianças onde o leão Alex é separado do pai e volta, por acidente, a reencontrar a antiga família. Esta parte da trama é bem tipica de filmes da Disney e em muito se assemelha ao filme Rei Leão, até mesmo nos cenários. Mas são nas sub-tramas, e talvez as mais divertidas, em que os personagens fogem desta realidade infantil.

Personagens como a gangue, se é que pode-se chamar assim, dos Pinguins, que age com uma espécie de máfia, ou então o carimático e convencido Rei Julian, ou até mesmo a girafa hipocondriaca Melman que se apaixona pela hipopótoma Gloria. São estes tipos de personagem que tem atraido o grande público, e assim como no primeiro filme, tornando esta franquia um dos mais novos sucesso da DreamWorks Pictures.

Madagascar 2 tráz de volta toda a turma foragida do Zoológico do Central Park, que por acidente vão parara na ilha de Madagascar. Na tentativa de voltar ao habitat artificial de Nova Iorque, o avião imporvisado pelos pinguins, acaba caindo na Africa, os aproximando de seu habitat natural. E por um acaso do destino, Alex acaba encontrando a sua verdadeira família em uma savana.
Não me arrisco a dizer que Madagascar 2 é melhor que o primeiro, e também que será uma diversão garantida para toda a criançada nas férias.

obs: para os adultos também.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...