segunda-feira, 18 de janeiro de 2010

Novidades (Sandra Bulock e Avatar roubam a cena no Globo de Ouro 2010)


Na noite deste domingo, sob forte chuva em Los Angeles, foram conhecidos os vencedores da 67ª edição do Globo de Ouro, premiação que reconhecidamente é considerada uma prévia do Oscar. Em cerimônia realizada pela Associação da Imprensa Estrangeira de Hollywood (HFPA), os grandes destaques da noite foram o mega-sucesso Avatar, vencedor na categoria Melhor Filme de Drama e Melhor Direção, a atriz Sandra Bullock, como Melhor Atriz Dramática, além da animação UP - Altas Aventuras e do drama Crazy Heart, que também venceram em duas categorias.

Como já era esperado, a atriz Sandra Bullock foi uma das mais festejadas na noite. Depois de alguns anos sem grandes atuações, a atriz foi indicada em duas categorias: Melhor Atriz de Comédia, pelo ótimo A Proposta e Melhor Atriz Dramática, pelo elogiado Lado Cego. Na primeira categoria, a atriz acabou perdendo o prêmio para a grande Meryl Streep, que já foi indicada 25 vezes ao prêmio, pelo atuação em Julie e Julia. Porém, a noite ainda reservava grandes alegrias para Bullock. Como esperado, a atirz venceu na categoria Melhor Atriz de Drama, pelo filme O Lado cego. Com bastante humildade, a atriz agradeceu pelas oportunidade oferecidas a ela. "Eu posso não ter o maior talento, mas tive boas oportunidades”, afirmou Bullock. Diferente da atriz, o ótimo Robert Downey Jr, apelou para humor, ao surpreender e vencer na categoria Melhor Ator de Comédia e Musical. Downey Jr afirmou que não agradeceria a ninguém pelo prêmio, pois sem ele, todos estavam perdidos.

Além de Sandra Bullock, o outro grande destaque da premiação foi Avatar. O filme com maior orçamento da história do cinema, mais de 500 milhões de dólares e a segunda maior bilheteria, levou a melhor nas categorias Melhor Filme de Drama e Melhor Diretor. James Cameron, foto ao lado, repete assim o feito conseguido com Titanic, quando também recebeu a premoiação de melhor direção. O longa, superou favoritos como Invictus, do renomado Clint Eastwood, Amor sem Escalas, do promissor Jason Reitman que ficou com o prêmio de Melhor Roteiro, e Bastardos Inglórios, do cultuado Quentin Tarantino. Por falar nos "Inglórios", diferente do que muitos esperavam, o filme ganhou apenas uma estatueta, a de Melhor Ator Coadjuvante para Cristoph Waltz. Outro filme que decepcionou na premiação, foi o musical Nine. Indicado à cinco categorias, o filme saiu de mãos abanando da premiação.


Além de Avatar, apenas mais dois filmes sairam com duas estatuetas. A excelente animação Up - Altas Aventuras, ganhou nas categorias Melhor Animação e Melhor Trilha Sonora Original. Já o longa Crazy Hearts, ganhou nas categorias Melhor Ator Dramático, com o excelente Jeff Briges (foto acima) e Melhor Canção Original, intitulada "The weary kind". Outros premiados na cerimônia foram o excelente Se Beber, Não case, que veneceu na Categoria Melhor Comédia ou Musical, o alemão A Fita Branca, que venceu na categoria Melhor Filme Estrangeiro e atriz M'onique, Melhor Atriz Coadjuvante pelo filme Preciosa.


No fim da cerimônia, o diretor Martin Scorsese recebeu o troféu Cecil B. DeMille pelo conjunto de sua obra. Para homenagea-lo, estiveram lá os astros Robert De Niro (Taxi Driver) e Leonardo Di Caprio, que trabalhou com Scorsese em Os Infiltrados, O Aviador e no ainda inédito A Ilha do Medo. Após entrega da estatueta, Di Caprio destacou que os seus melhores trabalhos foram dirigidos por Scorsese. “Minhas colaborações com você têm sido o maior orgulho da minha carreira” ressaltou o ator chamando o diretor de Mentor. Já De Niro, destacou todo o talento de Martin e o privilégio de estar em sua premiação. “Martin é um campeão do cinema. Não gostaria de estar em nenhum outro lugar do mundo que não fosse aqui, homenageando você”.

Opinião

"Diferente do que muitos pensavam, a cerimônia de ontem teve a diversidade como seu grande trunfo. Enquanto grande parte da crítica esperava que Bastardos, Amor Sem Escalas e Nine fossem os grandes vencedores, a associação de imprensa estrangeira premiou o excelente trabalho de Cameron, com Avatar, os ousados Robert Downey Jr e a excelente comédia Se beber, Não Case e a grande sensação do ano, a atriz Sandra Bullock. Além disto, mostrou que a animação Up é sim a grande favorita ao Oscar e destacou que James Cameron pode sim repetir com Avatar, o incrível reconhecimento da crítica especializada, que teve com Titanic. "

Fotos: Agência Reuters e AFP

2 comentários:

Ricardo Martins disse...

Ótimo texto Thiago, e ainda mais os trechos sobre Sandra Bullock, estava torcendo demais por ela, mas ainda não tinha certeza se ela levaria, foi o momento mais forte e emocionante para mim!!!

E sobre Se Beber, Não Case graças ao Cinemaniac estou sabendo que já está nas locadoras, ainda não o vi, mas o verei logo!!!
Mas mesmo assim 500 Dias com Ela merecia ter ganhado também!
E no Twitter foi o maior xingamento quando aconteceu o resultado do Filme Com/Musical!!!

Mas foi merecido tenho certeza!

Grande Festa! Abraço!!!

thicarvalho disse...

Valeu pelo elogio Ricardo. Sei que a preferencia era toda em cima de 500 duas com ela, mas acho q se beber, não case, foi o filme que mais sintetizou a categoria. Ousado, divertido e diferente. Fórmula que não vemos há anos no gênero. Por isso adorei a comédia. Qnt a Bullock, mas do q merecido, por toda a sua carreira. Tive a oportunidade de ver A proposta, e dépois de se beber, não case, foi o filme mais divertido e do ano. Qnt ao Lado Cego, a grande crítica toda esta rasgando elogios, então o trabalho deve ser no m´´inimo ótimo. Resultado é o reconhecimento. Grande abraço e mais uma vez valeu pela visita.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...