terça-feira, 20 de outubro de 2009

Cinemaniac indica (Peixe Grande e suas Histórias Maravilhosas)

Nos últimos posts tenho falado bastante sobre criativdade no cinema. E falando nesta característica, não podemos nos esquecer de citar o diretor Tim Burton, talvez o mais criativo e inovador que se tenha na atualidade. Seus filmes, além de serem excelentes, sempre trazem alguma novidade. Seja visual, na trama ou no elenco, Burton preza pelo detalhismo e por uma forma toda pessoal de se contar uma história. E por falar em história, hoje escreverei sobre o ótimo Peixe Grande e suas Histórias Maravilhosas.

Inexplicavelmente pouco valorizado, Peixe Grande tem a cara do diretor Tim Burton, ou seja, é um filme criativo, visualmente incrível, e com muito detalhismo na montagem da trama. É incrível, mas poucos diretores conseguem manter uma regularidade em seus filmes, como Burton consegue. E esta regularidade é visivelmente percebida em Peixe Grande. Baseada no livro homônimo de Daniel Wallace, a trama foi otimamente adaptada para as telonas. Mesmo com toda a dificuldade em torno da história, Burton consegue com maestria trazer a trama para perto dos espectadores sem que eles se percam com o vai e vem entre realidade e fantasia. Por falar em fantasia, a parte visual do filme é simplesmente fantástica. Repleto de belos cenário e boas cenas, o filme encanta o espectador mostrando a dualidade entre a vida real e a ficcionada.

Aliás, se este vai e vem funciona, é graças a grande escolha do elenco, outra caracteristica marcante do diretor. Com Ewan McGregor, Albert Finney, Jessica Lange, a então revelação Marion Cotilard, Denny De Vitto, Steve Buscemi e claro, sua esposa, Helena Boham Carter, o filme encanta com as diversas histórias contadas pelo personagem principal. Neste vai e vem entre ficção e realidade, cada ator se destaca pontualmente, sendo muito bem aproveitados por Tim Burton. Dentre este ótimo elenco, os destaques ficam para Finney e McGregor, que vivem o mesmo personagens em tempos distintos. Afinal, não é nenhuma novidade que os dois sejam ótimos, mas em Peixe Grande é realmente incrível a participação de ambos. Outro grande destaque do filme é a atuação de Billy Crudup, ator conhecido pelo filme Quase Famosos.

O filme conta a história de um grande contador de histórias chamado Edward Bloom (Albert Finney). Quando jovem Ed saiu de sua pequena cidade-natal, no Alabama, para realizar uma volta ao mundo. A diversão predileta de Ed, já velho, é contar sobre as aventuras que viveu neste período, mesclando realidade com fantasia. As histórias fascinam todos que as ouvem, com exceção de Will (Billy Crudup), filho de Ed. Até que Sandra (Jessica Lange), mãe de Will, tenta aproximar pai e filho, o que faz com que Ed enfim tenha que separar a ficção da realidade de suas histórias.

Emocionante, carismático e super criativo, Peixe Grande e Suas Histórias Maravilhosas é um filme para toda família. Mais um grande trabalho de Tim Burton, o filme deve ser assitido não só pelos fãs do diretor, como também por todos que gostem de bons filmes. Então não perca tempo e divirta-se. Vale lembrar, que no próximo ano chega aos cinemas a versão Live Action de Alice No País das Maravilhas, dirigida pelo visionário Tim Burton. É promessa de grande filme vindo por ai.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...