sábado, 23 de maio de 2009

Cinemaniac Indica (Cinturão Vermelho)

Cinturão Vermelho foi um filme que passou um pouco despercebido pelos cinemas de todo mundo, e confesso não saber muito bem o porquê. O filme tem um ótimo elenco, uma boa e surpreendente trama e uma direção segura, ou seja, todos os requesitos para uma boa diversão. Mostrando os bastidores do Jiu Jitsu, o filme consegue fugir do lugar comum dos filmes lutas, destacando muito mais as atitudes dos lutadores do que as próprias lutas. Assim, se você acha que vai encontrar um Rocky Balboa, ou um Grande Dragao Branco, esqueca. O Cinturão Vermelho não é o filme que voce procura.

O longa dirigido por David Mamet (O Assalto), consegue surpreender com uma trama envolvente, o que é um pouco difícil para os padrões atuais do cinema. Com um elenco de primeira, recheado de bons atores, como Alice Braga, Rodrigo Santoro, Emily Mortimer, Chiwetel Ejiofor e a surpreendente participação de Tim Allen, o diretor consegue dar liga a trama, sem que ela fique exagerada, ou muito irreal.

Acredito que se o diretor peca, ele erra quando coloca os brasileiros como os vilões do esporte. Achei muito tendenciosa esta parte do filme, principalmente, quando os americanos, figura do personagem principal da trama, se tornam os salvadores do esporte. Na verdade, é justamente o contrário. Se existe alguem que tenha acabado com alguns esportes, como por exemplo o boxe, este alguem foram os americanos, da mesma maneira que é mostrada no filme. Mas isso não e um demérito, apenas um ponto de vista destacado pelo diretor, e até por isto não estraga o filme, podendo apenas incomodar em alguns momentos.

Cinturão Vermelho conta a historia de Mike Terry (Chiwetel Ejiofor), um professor de jiu-jitsu que evitou o circuito de premiação, preferindo cuidar de uma academia de defesa pessoal e seguir o código de um samurai. Ele e sua esposa Sondra (Alice Braga) lutam para manter o negócio em funcionamento, mesmo que renda o mínimo possível. Até que um acidente do lado de fora da academia, entre o oficial de folga Joe Collins (Max Martini) e a advogada Laura Black (Emilly Mortimer), provoca uma grande mudança na vida de Mike.

Não deixem de assistir este bom filme, que com certeza irá agradar aos fãs da arte marcial como filosofia de vida, e tambem ao grande público, já que conta com uma surpreendente trama, diferente do que vemos nos cinemas na atualidade.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...