sábado, 12 de julho de 2008

Cinemaniac Indica

Como pode um filme ser bom tanto para crianças, quanto para adultos? Como pode um filme nos prender a atenção ao longo de suas duas horas e 2o de duração? Enfim esta formula é descoberta pela nova seqüência de As Crônicas de Narnia.

Este é o típico filme em que você quando assiste sai mais leve do cinema, mais alto astral. È um filme que nos brinda com belos cenários e personagens. Com isto As Crônicas de Narnia: O Príncipe Caspian encanta a adultos e a crianças, com a sua linguagem inteligente, e com um visual que nos deixa de boca aberta. A perfeição na animação digital deste filme é algo estrondoso, que chama a atenção de qualquer um. Os belos cenários, as cores e principalmente os personagens nos fazem acreditar que realmente aquele mundo mágico possa existir, tamanha é a veracidade na recriação de animais (o leão Aslan é algo inimaginável) e dos monstros mitológicos (Centauros, Minotauros, Faunos, Unicórnios). Tudo soa muito real, o movimento, os ruídos, porém é um filme de aventura e por isto os animais falam e lutam com espadas. Aliás, as cenas de batalhas são muito boas, sem que aja uma gota de sangue. (reparem neste detalhe, talvez por ser um filme para crianças, não há uma gota de sangue, apesar das batalhas não deixarem a desejar em nenhum momento).

As Crônicas de Narnia também conta com boas atuações, de atores não muito conhecidos, mas que se destacam intensamente. Os atores mais conhecidos fazem curtíssimas pontas. Liam Nelson (A lista de Schindler), faz a voz do leão Aslan e Tilda Swinton (Constantine, Conduta de Risco) interpreta a rainha do gelo, vilã do primeiro filme.

O filme conta a história dos irmãos Pevensie, que um ano depois voltam ao reino de narnia, que agora é governado por uma tirania. Durante ausência deles, 1300 anos se passaram e Nárnia foi conquistada pelo rei Miraz (Sergio Castellitto), que governa o local sem misericórdia. Os irmãos Pevensie então conhecem Caspian (Ben Barnes), o príncipe de direito de Nárnia, que precisa se refugiar por ser procurado por Miraz, seu tio. Decididos a destronar Miraz, os irmãos Lucy (Georgie Henley), Edmund (Skandar Keynes), Susan (Anna Popplewell) e Peter (William Moseley) reúnem os narnianos restantes para combater o exército do rei Miraz.

Este grande filme, que teve orçamento de 200 milhões de dólares, é sucesso de público e critica em todo o mundo e vai encantar a todos vocês, que assim como eu, vão ficar com
um gostinho de quero mais.

Um comentário:

INSPIRANTES disse...

espero ansiosa pelo dia 10 de dezembro onde aqui nos cinemas será lançado o novo filme da franquia A viagem do peregrino da alvorada!!!natal 2010 cs lewis é magnífico em seus escritos!


Deus ABENÇOE VCS!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...