terça-feira, 5 de maio de 2009

Cinemaniac Indica (Quase Famosos)

Diferente dos muitos filmes sobre os bastidores do Rock, que destacam o famigerado clichê "Sexo, Drogas e Rock'n Roll", Quase Famosos consegue algo mais, algo novo. O filme alcança isto, em função da ótima trama, contada de forma realista pelo diretor Cameron Crowe e também pelo ótimo elenco, que consegue passar toda esta realidade para a tela.

Muitos não devem saber, mas Quase Famosos nos tráz uma história baseada em fatos reais, que na década de 1970, foi vivida pelo próprio diretor Cameron Crowe. Cameron, no auge dos seus 15 anos, foi convidado pela revista Rolling Stone, para acompanhar a turnê de uma promissora banda, "nada mais, nada menos" que Led Zeppelin e a partir daí produzir uma matéria sobre os bastidores da banda. Talvez, por ter vivido esta experiência na pele, o diretor consegue se inspirar e construir a trama de forma única e brilhante. O longa consegue prender a atenção do espectador até o último instante e mostra o "verdadeiro" lado de uma banda de rock, destacando todos os seus conflitos de egos, todo o amor pela musica, todo o companherismo, além do bastante explorado, sexo e drogas.

Mas o êxito do dJustificariretor, se deve também em grande escala ao próprio elenco. Kate Hudson, hoje apenas mais um rostinho bonitinho no cinema, consegue ter a sua melhor atuação, na pele da carismática Penny Lane. Billy Crudup, interpretando o astro da banda Russel Hammond, e Jason Lee, o vocalista Jeff Bebe, conseguem, com atuações seguras, mostrar todos os conflitos de egos da banda. Além destes, o filme ainda conta com o novato Patrick Fugit, o grande destaque do filme, que vive o jovem William Miller. Patrick, apesar de inexperiente, consegue ter uma atuação brilhante, se entragando no papel e se destacando entre um bom e jovem elenco.

O filme conta a história de um fã, William Miller, que consegue um trabalho na revista americana Rolling Stone, para acompanhar a (fictícia) banda Stillwater em sua primeira excursão pelos Estados Unidos. Porém, quanto mais ele vai se envolvendo com a banda, mais vai perdendo a objetividade de seu trabalho e logo estará fazendo parte do cenário rock dos anos 70.

Misturando ótima música, a uma excelente trama e um jovem promissor elenco, Quase Famosos acerta em cheio no seu objetivo: o de mostrar os bastidores do rock na década de 70. Até por isto se tornou um dos grandes sucessos do ano de 2000, conseguindo inclusive, faturar a estatueta do Oscar de melhor roteiro original. Não percam este excelente filme.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...